CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Noturno(pelas normas)

Corre-me um frio de liberdade na pele,
que entra pela janela deste quarto.
Sinto-me calmo como as nuvens
que se formam e que se desfazem
enquanto o vento agita as folhas e o lixo e os cabelos.
Tenho vontade de dizer a mim mesmo
"atira-te e voa que és capaz",
"encontra acima da terra que pisas o sabor que precisas,a adrenalina de seres tu".
Tenho vivido como um louco,
absorvido a noite como uma esponja,
conhecido tantas caras, tantos nomes, tantos feitios.
Amigos que se amam, desconhecidos que se beijam,
hercules que se batem porque perderam a razão.
Assisto ao nascer do futuro de olhos abertos,
esboço sorrisos em cada ocasião
e tento encontrar-me dentro de cada um.
O sol entra agora pela janela, frouxo, como se dissesse adeus,
é chegada a hora de viver.

Submited by

sábado, março 5, 2011 - 02:41

Poesia :

No votes yet

paullopex

imagem de paullopex
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 horas 37 minutos
Membro desde: 04/05/2010
Conteúdos:
Pontos: 141

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of paullopex

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Desencontros 3 162 05/23/2020 - 03:26 Português
Poesia/Geral está bem assim? 1 395 03/08/2018 - 18:42 Português
Poesia/Amor Porto de Abrigo 4 474 03/06/2018 - 16:22 Português
Poesia/Meditação E, como amamos? 1 314 03/05/2018 - 22:19 Português
Poesia/Meditação Quanto mede o infinito? 1 469 03/01/2018 - 18:06 Português
Poesia/Amor A dança 1 197 06/05/2014 - 05:40 Português
Poesia/Amor Noites de Inverno 1 534 01/14/2014 - 13:45 Português
Poesia/Alegria Primavera 0 299 08/18/2013 - 01:56 Português
Poesia/Amor Aventura 0 437 08/19/2011 - 15:21 Português
Poesia/Amor Desconhecida 0 437 07/06/2011 - 03:28 Português
Poesia/Meditação A regra 4 605 04/17/2011 - 13:16 Português
Poesia/Intervenção Que se CALEM, que se GRITE!!!! 2 395 03/15/2011 - 00:45 Português
Poesia/Geral Cidade ao entardecer (antigo) 2 447 03/12/2011 - 02:14 Português
Poesia/Amor Tu és... 0 357 03/06/2011 - 00:50 Português
Poesia/Desilusão Decadência 0 842 03/06/2011 - 00:46 Português
Poesia/Desilusão Múmia Sadia 2 388 03/06/2011 - 00:34 Português
Poesia/Desilusão Não!!! 0 371 03/06/2011 - 00:30 Português
Poesia/Meditação A estrada 4 490 03/05/2011 - 23:44 Português
Poesia/Pensamentos Podia-,os dar um passeio. 0 440 03/05/2011 - 02:49 Português
Poesia/Paixão E de repente... 0 484 03/05/2011 - 02:47 Português
Poesia/Meditação Actor 0 399 03/05/2011 - 02:43 Português
Poesia/Aforismo Noturno(pelas normas) 0 503 03/05/2011 - 02:41 Português
Poesia/Desilusão Saudade, sempre demais. 0 506 03/05/2011 - 02:38 Português
Poesia/Meditação Eterium 0 658 03/05/2011 - 02:37 Português
Poesia/Intervenção Revolução 0 397 03/05/2011 - 02:34 Português