CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O MEU AMOR PEQUENINO

O meu amor pequenino

 

 

Tenho um novo amor, chegou há pouco poucochinho,

Estou apaixonado, dou – lhe todo o meu carinho,

Dou – lhe tantos beijos, tanto amor e tantos abraços,

Até parece que o meu amor escondido chegou de repente,

Este meu sentimento é tão forte que não desmente,

A força do meu amor que acompanha os seus passos.

 

Os seus abraços e as palavras da sua inocência,

Entram na minha alma e enriquecem a minha vivência,

Dão – me alegria, e exigem de mim todos os cuidados,

Os meus olhos o vigiam a todo o momento,

Com medo que não tropece e entristeça o meu contento,

Por isso às vezes penso que eles são muito apertados.

 

O meu amor pequenino e novo já faz parte do meu viver,

Ele despertou outra vez a minha vida que se estava a esconder,

Passei a ser criança nos momentos que ele quer,

Ando de gatas, faço de burro e até faço de palhaço,

E no fim da brincadeira sou compensado com um abraço,

E assim, eu gosto de brincar com ele, para criança também ser.

 

O meu amor pequenino não anda pela minha mão,

É ele que pega na minha e leva o meu coração,

Os seus passos incertos querem acertar com os meus,

Quando cansados os meus ombros carregam o seu afecto,

Que fazem do seu amor, o meu amor predilecto,

E por ele me oferecer o seu amor eu agradeço a Deus.

 

Enquanto o meu amor pequenino dorme e não desperta,

O meu sono pouco dorme fica sempre bem alerta,

Vou ouvindo o seu respirar, os meus olhos pouco descansam,

Assim eu fico descansado, cuidando do seu bem - estar,

O meu sono intermitente é o meu constante acordar,

Quando os seus cuidados me chamam.

 

Este amor novo e pequenino é o maior dentro do meu,

Um amor assim tão grande, nunca me aconteceu,

Ele anda sempre no ar, onde eu estou ele sempre está,

Estamos para sempre unidos enquanto quiser o tempo,

Mandamos beijos um ao outro pelas mensagens do vento,

Um amor assim, como o nosso, certamente não há.

 

 

 

Tavira, 03 de Fevereiro de 2009 - Estêvão

 

 

Submited by

quinta-feira, março 22, 2012 - 11:51

Poesia :

No votes yet

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 semana 5 dias
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7749

Comentários

imagem de KeilaPatricia

Muito bom... Bjs na

Muito bom...

Bjs na alma,

Keila... .....)...(@

:)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação FALAR É FÁCIL 0 376 06/11/2015 - 09:59 Português
Poesia/Meditação INDIGNAÇÃO 0 341 06/03/2015 - 10:03 Português
Poesia/Meditação O TEU REBANHO 0 635 05/27/2015 - 17:12 Português
Poesia/Amor ASAS DE FOGO 0 602 05/13/2015 - 11:53 Português
Poesia/Meditação MISTÉRIOS DO SER 0 1.060 05/06/2015 - 11:16 Português
Poesia/Meditação A VOZ DO DINHEIRO 0 722 04/29/2015 - 16:14 Português
Poesia/Amor AMAR EM SILÊNCIO 0 500 04/22/2015 - 11:42 Português
Poesia/Amor ORAÇÃO 0 626 04/15/2015 - 10:04 Português
Poesia/Meditação O INFERNO ESTÁ NA TERRA, NÃO NO CÉU 0 389 04/08/2015 - 11:52 Português
Poesia/Meditação DESCONTROLO 0 932 04/01/2015 - 12:16 Português
Poesia/Meditação QUEM MANDA? 0 925 03/25/2015 - 11:12 Português
Poesia/Meditação PARAR É MORRER 0 539 03/18/2015 - 12:59 Português
Poesia/Meditação GUERREIRO DA VERDADE 0 1.705 03/11/2015 - 11:29 Português
Prosas/Pensamentos OS RIOS 1 2.172 03/08/2015 - 15:41 Português
Poesia/Meditação ANDAR ÀS CEGAS 0 1.946 03/04/2015 - 11:46 Português
Poesia/Meditação VIVER E RECORDAR 0 722 02/25/2015 - 12:10 Português
Poesia/Meditação OS DIAS ASSINALADOS 2 856 02/19/2015 - 12:38 Português
Poesia/Meditação DIAS ASSINALADOS 0 1.548 02/18/2015 - 13:18 Português
Poesia/Meditação SÓ SILÊNCIO NÃO 0 623 02/11/2015 - 12:30 Português
Poesia/Meditação SOU DO MEU PENSAMENTO 0 448 02/04/2015 - 11:00 Português
Poesia/Amor PALAVRAS APENAS 0 519 01/28/2015 - 11:13 Português
Poesia/Meditação OLHANDO O CÉU 0 661 01/14/2015 - 11:35 Português
Poesia/Meditação OCULTO 0 556 01/07/2015 - 18:02 Português
Poesia/Meditação SEREI CARNE OU ESPÍRITO? 0 645 12/31/2014 - 11:14 Português
Poesia/Meditação EU SOU ASSIM! 0 759 12/24/2014 - 11:30 Português