CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O Olhar

Olhar brilhante… intenso.
Lábios como nuvens de veludo, suave…
A pele macia, cor de café com pouco leite.
Dedos pequenos nas mãos iguais, quase de criança, entrelaçando-se como que em oração a um deus maldito que é surdo também.
Sentada à minha frente, observo-a assim, quase imóvel… frágil como a planta que ao seu lado a observa também, hipnotizada que está numa eterna fotossíntese.
Também eu podia ficar para sempre aqui… neste momento.
Enfeitiçado pelos sonhos dela, que hoje (sem que perceba porquê) são meus também.

Submited by

segunda-feira, novembro 19, 2012 - 13:15

Poesia :

No votes yet

Fernando Senutna

imagem de Fernando Senutna
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 46 semanas
Membro desde: 10/26/2012
Conteúdos:
Pontos: 15

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Fernando Senutna

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral O Olhar 0 85 11/19/2012 - 13:15 Português
Poesia/Geral Desato o silêncio 1 99 11/15/2012 - 21:42 Português
Poesia/Geral Mergulha em ti 0 131 11/14/2012 - 13:58 Português