CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O Que não Entendo

Eu tento entender A VIDA
O que quero ser o que um dia vou mostrar
As vezes me perco no tempo
Pra saber quando vou morrer
Porque estou aqui
Não entendo porque faço as coisas que faço
Pergunto-me sozinho se estou perdendo a noção
As vezes sinto falta de alguém
De alguém que nem conheço
Às vezes a felicidade chega
E se mostra sem avisar
Tenho um pressentimento de que no fim tudo acaba bem
Mais não tenho a certeza se vou estar lá
Um dia quero sumir
No outro se mostrar
O mundo não me conhece
Mais eu conheço o mundo
Eu me pergunto se evolução será pra sempre constante
Se sempre haverá uma resposta pra minhas perguntas
Si escrevo pra me imortalizar
Mais não sei se alguém aqui vai ler
Eu sou simples mais vivo num mundo de orgulhosos
Eu não sinto pena de ninguém mais quero ajudar todo mundo
Eu nunca tentei entender o passado
Mas procuro entender as pessoas
Eu admiro o ecossistema dos animais
Mais não concordo com o meio de sobrevivência do Humano
Meu poema pode parecer desesperado
Mais estou calmamente expressando o que penso

Submited by

terça-feira, março 15, 2011 - 02:22

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Andreilson Da Silva

imagem de Andreilson Da Silva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 anos 39 semanas
Membro desde: 01/26/2011
Conteúdos:
Pontos: 2313

Comentários

imagem de Joel

Si escrevo pra me

Si escrevo pra me imortalizar
Mais não sei se alguém aqui vai ler

imagem de Joel

Sim, escrevo pra me

Sim, escrevo pra me imortalizar
Mais não sei se alguém aqui vai ler

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Andreilson Da Silva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor A nossa vida é um filme 0 919 03/14/2011 - 20:12 Português
Poesia/Amor Te deixar ?! Nunca mais 0 506 03/14/2011 - 20:12 Português
Poesia/Amor Amar 0 547 03/14/2011 - 20:11 Português
Poesia/Alegria Felicidade 0 506 03/14/2011 - 20:10 Português
Poesia/Amor Só sei dizer 0 768 03/14/2011 - 20:10 Português
Poesia/Amor Ver 0 521 03/14/2011 - 20:10 Português
Poesia/Fantasia O Dialogo entre o Lápis e a borracha 0 6.923 03/14/2011 - 20:09 Português
Poesia/Fantasia O quarto 0 814 03/14/2011 - 20:09 Português
Poesia/Amor Hoje eu te quero 0 1.121 03/14/2011 - 19:59 Português
Poesia/Amor Por ti 0 488 03/14/2011 - 19:57 Português
Poesia/Amor Não tive meu valor 0 752 03/14/2011 - 19:57 Português
Poesia/Tristeza Maria Cristina você sempre estará em meu coração 0 985 03/14/2011 - 19:56 Português
Poesia/Amizade Amigo 0 561 03/14/2011 - 19:56 Português
Poesia/Geral Tempos 0 867 03/14/2011 - 19:55 Português
Poesia/Amor Minha vida 0 804 03/14/2011 - 19:53 Português
Poesia/Fantasia Horas passam 0 870 03/14/2011 - 19:52 Português
Poesia/Fantasia Floresta 0 607 03/14/2011 - 19:52 Português
Poesia/Fantasia Caneta 0 1.547 03/14/2011 - 19:52 Português
Poesia/Fantasia Giz 0 1.442 03/14/2011 - 19:51 Português
Poesia/Amor Apenas um gesto 0 582 03/14/2011 - 19:51 Português
Poesia/Fantasia Maquina 0 440 03/14/2011 - 19:48 Português
Poesia/Amor Pedido de casamento 0 928 03/14/2011 - 19:48 Português
Poesia/Geral Tipos de corações 0 495 03/14/2011 - 19:47 Português
Poesia/Geral Caminho da vida 0 1.635 03/14/2011 - 19:47 Português
Poesia/Amor Não importa o lugar 0 1.587 03/14/2011 - 19:30 Português