CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O triunfo dos relógios ...

O tempo,

Sempre melhor o que passou
Por mim, todos os sonhos, habituais
Profissões e talentos, familiares
Que nunca vi, pensar que vivi
É realmente um mistério e o tempo,

Sempre melhor o que passou,
Assim como a impressão de claustro
Que sempre existe no fim de cada
Cela, em mim a mesma e igual sombra,
Um mesmo coração cheio de vidros

E dor, o triunfo dos relógios, das
Sensações sem precisão demais...
O despontar de ridículos remorsos,
Um prazer intimo de sermos quem
Não somos tal como é a obediência

A estranhos que passam por nós fazendo
A respiração pela boca, sempre
Melhor quem passou que quem fica
Como que se apaga o que sou sem ser,
Tão vago, magra visão ou modo de olhar

O tempo.

Joel Matos (04/2018)
http://joel-matos.blogspot.com

Submited by

quarta-feira, abril 18, 2018 - 17:24

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Joel

imagem de Joel
Online
Título: Membro
Última vez online: há 1 hora 19 minutos
Membro desde: 12/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 40454

Comentários

imagem de Joel

O tempo, Sempre melhor o que

O tempo,

Sempre melhor o que passou
Por mim, todos os sonhos, habituais
Profissões e talentos, familiares
Que nunca vi, pensar que vivi
É realmente um mistério e o tempo,

Sempre melhor o que passou,
Assim como a impressão de claustro
Que sempre existe no fim de cada
Cela,

imagem de Joel

O tempo, Sempre melhor o que

O tempo,

Sempre melhor o que passou
Por mim, todos os sonhos, habituais
Profissões e talentos, familiares
Que nunca vi, pensar que vivi
É realmente um mistério e o tempo,

Sempre melhor o que passou,
Assim como a impressão de claustro
Que sempre existe no fim de cada
Cela,

imagem de Joel

O tempo, Sempre melhor o que

O tempo,

Sempre melhor o que passou
Por mim, todos os sonhos, habituais
Profissões e talentos, familiares
Que nunca vi, pensar que vivi
É realmente um mistério e o tempo,

Sempre melhor o que passou,
Assim como a impressão de claustro
Que sempre existe no fim de cada
Cela,

imagem de Joel

O tempo, Sempre melhor o que

O tempo,

Sempre melhor o que passou
Por mim, todos os sonhos, habituais
Profissões e talentos, familiares
Que nunca vi, pensar que vivi
É realmente um mistério e o tempo,

Sempre melhor o que passou,
Assim como a impressão de claustro
Que sempre existe no fim de cada
Cela,

imagem de Joel

O tempo, Sempre melhor o que

O tempo,

Sempre melhor o que passou
Por mim, todos os sonhos, habituais
Profissões e talentos, familiares
Que nunca vi, pensar que vivi
É realmente um mistério e o tempo,

Sempre melhor o que passou,
Assim como a impressão de claustro
Que sempre existe no fim de cada
Cela,

imagem de Joel

O tempo, Sempre melhor o que

O tempo,

Sempre melhor o que passou
Por mim, todos os sonhos, habituais
Profissões e talentos, familiares
Que nunca vi, pensar que vivi
É realmente um mistério e o tempo,

Sempre melhor o que passou,
Assim como a impressão de claustro
Que sempre existe no fim de cada
Cela,

imagem de Joel

O tempo, Sempre melhor o que

O tempo,

Sempre melhor o que passou
Por mim, todos os sonhos, habituais
Profissões e talentos, familiares
Que nunca vi, pensar que vivi
É realmente um mistério e o tempo,

Sempre melhor o que passou,
Assim como a impressão de claustro
Que sempre existe no fim de cada
Cela,

imagem de Joel

O tempo, Sempre melhor o que

O tempo,

Sempre melhor o que passou
Por mim, todos os sonhos, habituais
Profissões e talentos, familiares
Que nunca vi, pensar que vivi
É realmente um mistério e o tempo,

Sempre melhor o que passou,
Assim como a impressão de claustro
Que sempre existe no fim de cada
Cela,

imagem de Joel

O tempo, Sempre melhor o que

O tempo,

Sempre melhor o que passou
Por mim, todos os sonhos, habituais
Profissões e talentos, familiares
Que nunca vi, pensar que vivi
É realmente um mistério e o tempo,

Sempre melhor o que passou,
Assim como a impressão de claustro
Que sempre existe no fim de cada
Cela,

imagem de Joel

O tempo, Sempre melhor o que

O tempo,

Sempre melhor o que passou
Por mim, todos os sonhos, habituais
Profissões e talentos, familiares
Que nunca vi, pensar que vivi
É realmente um mistério e o tempo,

Sempre melhor o que passou,
Assim como a impressão de claustro
Que sempre existe no fim de cada
Cela,

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Joel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Geral Antes de tud’o mais ... 13 314 10/16/2018 - 09:30 Português
Ministério da Poesia/Geral "Sinto" 13 705 10/16/2018 - 09:29 Português
Ministério da Poesia/Geral "Semper aeternum" 13 514 10/16/2018 - 09:28 Português
Ministério da Poesia/Geral Ao principio ... 14 452 10/16/2018 - 09:27 Português
Ministério da Poesia/Geral Em geral ... 13 454 10/16/2018 - 09:26 Português
Poesia/Geral A Confissão ( A Neruda) 13 1.415 10/16/2018 - 08:54 Português
Poesia/Geral “Entre duas aspas” 13 1.721 10/16/2018 - 08:53 Português
Poesia/Geral Como paisagem ao morrer o dia, o voar do ganso… 13 329 10/16/2018 - 08:52 Português
Poesia/Geral A verdade é Tenente ...Tio Lawrence. 13 2.494 10/16/2018 - 08:51 Português
Ministério da Poesia/Geral Tenho sonhado desperto … 12 320 10/16/2018 - 08:51 Português
Ministério da Poesia/Geral Subtil …. 13 590 10/16/2018 - 08:49 Português
Ministério da Poesia/Geral Pena ser levado a sério e ainda... 13 263 10/13/2018 - 19:12 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Bonfim 10 1.552 08/08/2018 - 16:37 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Mero 10 1.422 08/08/2018 - 16:35 Português
Ministério da Poesia/Aforismo furioso Inverno 10 1.798 08/08/2018 - 16:34 Português
Ministério da Poesia/Gótico d'azur 10 1.845 08/08/2018 - 16:33 Português
Ministério da Poesia/Aforismo sete luas 10 1.350 08/08/2018 - 16:31 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Barc'azul 10 1.385 08/08/2018 - 16:30 Português
Ministério da Poesia/Geral Puder-eu-o-ter 10 313 08/07/2018 - 16:44 Português
Poesia/Geral Toda leveza é possível enquanto dura o voo ... 10 198 08/07/2018 - 16:37 Português
Poesia/Geral Um buraco enorme em mim. 10 353 06/25/2018 - 16:01 Português
Ministério da Poesia/Geral Li berdade ... 10 347 06/25/2018 - 15:56 Português
Ministério da Poesia/Geral Conduz-me a razão. 10 431 06/25/2018 - 15:54 Português
Ministério da Poesia/Geral Escolho ... 10 791 06/25/2018 - 15:52 Português
Ministério da Poesia/Acrósticos mariposa 10 2.731 05/25/2018 - 10:08 Português