CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Obrigado

Neste incansavel desenrolar da quarta dimensão
tudo que o Universo me deu para assinar
dá para o torto.
Não porque esteja morto
porque deduzo que os mortos não se cansem.
A unica verbos que sinto falta
São aqueles que nunca conjuguei.
Imagino num local com ausencia de gravidade
que os meus pensamentos tal como a urina
pairariam pelo ar, as letras do mesmo
misturar-se-iam como num jogo de scrabble.
E que desses pensamentos de letras desarrumadas,
se pudessem contruir novas palavras, que não tivessem
nada a ver com o pensamento o original.
Talvez isto acabe por acontecer na presença da gravidade, quando um ouvinte e bom amigo nos muda a forma de pensar. Um exemplo: Acabaste de pensar na palavra cidade-Roma, mas se mudarmos umas letrinhas ela
poder-se-á transformar em amor, ou mora, ou ramo.
Toda a linguagem é mutavel por ser dinamica.
Mas um estado de espirito é sempre uma pedra de granito até que apareça alguem de cinzel e escopro na mão......e muita vontade.

Submited by

domingo, maio 30, 2010 - 12:08

Poesia :

No votes yet

Outro

imagem de Outro
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 anos 34 semanas
Membro desde: 03/02/2010
Conteúdos:
Pontos: 884

Comentários

imagem de Susan

Re: Obrigado

Outro que percepção diferenciada em jogo de palavras que formam coisa ruins e contrariadas algo com outro valor e sentido .
Sempre bom te ler !!!
Está aí um pensamento incrível !
Abraços
Susan

imagem de Librisscriptaest

Re: Obrigado

E eu q adoro anagramas?
:)
Este teu poema deliciou-me Outro!
Vou citar a parte q mais me prendeu, se bem q devorei cada palavra!

"Imagino num local com ausência de gravidade
que os meus pensamentos tal como a urina
pairariam pelo ar, as letras do mesmo
misturar-se-iam como num jogo de scrabble.
E que desses pensamentos de letras desarrumadas,
se pudessem construir novas palavras, que não tivessem
nada a ver com o pensamento o original."

E a tua imaginação, ou ate mesmo racionalidade mascarada de ilusão em paralelismos, tem sempre o poder de se prender a minha!
Beijinho grande em ti!
Inês

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Outro

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral Principio de Poema Aberto a Todos Os Poetas 4 381 04/01/2010 - 18:15 Português
Prosas/Pensamentos Poesia Neurocirurgica 1 776 03/31/2010 - 19:47 Português
Poesia/Amor Amo-te Mais ou Menos 3 591 03/30/2010 - 20:26 Português
Poesia/Geral A Cortina 1 777 03/04/2010 - 23:50 Português
Poesia/Geral A Cortina 2 455 03/04/2010 - 22:11 Português
Poesia/Comédia Sopa de Queixumes 4 532 03/04/2010 - 13:35 Português
Poesia/Poetrix O Empréstimo 5 781 03/02/2010 - 23:29 Português
Poesia/Tristeza O Nó 3 429 03/02/2010 - 15:30 Português