CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Onde Os Fracos Não Têm Vez

No caminho silencioso que trilho
Nas horas sombrias que a vida reserva
A dor de uma ausência sentida
De olhos que se foram na escuridão.
Sonhos que se desfazem
Nas agruras de dias tenebrosos
Qual castelo de areia
Demolido pelas águas do mar.
Porque chorar pela fuga desenfreada
De ilusões tão patentes
Na esperança de dias melhores
Quando nunca houve dias assim?
Nas paragens desse caminho
Sento-me sozinho e triste
Onde os fracos não têm vez
De chorar sua desilusão.
Não se pode recriar fantasia
De que o pesadelo não é real
Quando a dor é passageira
E uma nova aurora surge no horizonte.
A alma, no entanto, nisso não crê.
Quando desperta nas noites frias
Sem sentir o calor daquele corpo
Que do frio o aquecia.
Lembranças que fazem doerem
A sensação do esquecimento
De olhos marejados
Que sofriam na prisão.

Odair José
Poeta e Escritor Cacerense

http://odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

quarta-feira, abril 7, 2010 - 18:58

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 dia 6 horas
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 3332

Comentários

imagem de Henrique

Re: Onde Os Fracos Não Têm Vez

Bom poema!!!

:-)

imagem de marialds

Re: Onde Os Fracos Não Têm Vez

Triste teu poema transmite uma sensação de abandono, de exclusão de impotência ante a vida sofrida.
Um belo poema gostei muito.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Paixão Deitar-me em seus braços 0 9 04/21/2019 - 15:02 Português
Poesia/Amor Ao ver o sol do amanhecer 0 9 04/16/2019 - 19:48 Português
Poesia/Desilusão A causa da minha loucura 0 22 04/11/2019 - 21:23 Português
Poesia/Amor Uma paixão pior do que mil mortes 0 20 04/11/2019 - 21:02 Português
Poesia/Amor Debaixo da figueira 0 17 04/10/2019 - 19:47 Português
Poesia/Amor Uma deusa que habita entre os humanos 0 27 04/08/2019 - 23:03 Português
Poesia/Amor A intensidade desse amor 0 50 04/06/2019 - 00:15 Português
Poesia/Amor Tenho mais do que preciso 0 41 04/05/2019 - 01:35 Português
Poesia/Fantasia Deusa de ébano 0 38 04/01/2019 - 19:14 Português
Poesia/Tristeza Dias estranhos 0 67 03/30/2019 - 13:43 Português
Poesia/Tristeza Sou mesmo um idiota 0 33 03/28/2019 - 22:53 Português
Poesia/Amor Quero estar ao seu lado 0 45 03/28/2019 - 01:10 Português
Poesia/Amor O amor na noite do tempo 0 43 03/26/2019 - 20:04 Português
Poesia/Amor Meu coração diante de você 0 61 03/24/2019 - 15:39 Português
Poesia/Amor Busco o seu olhar na minha mente 0 50 03/22/2019 - 19:39 Português
Poesia/Desilusão Foi engano 0 53 03/19/2019 - 23:28 Português
Poesia/Amor Antes que tivesse fim 0 69 03/18/2019 - 18:33 Português
Poesia/Meditação Natureza 0 89 03/16/2019 - 00:03 Português
Poesia/Desilusão Longe dos seus olhos 0 63 03/14/2019 - 18:51 Português
Poesia/Tristeza O vento que flutua no silêncio 0 71 03/11/2019 - 22:16 Português
Poesia/Dedicado Mulher (Uma homenagem a elas!) 0 52 03/08/2019 - 03:40 Português
Poesia/Amor O que posso fazer, se amo você? 0 60 03/06/2019 - 21:44 Português
Poesia/Desilusão No silêncio do meu caminhar 0 73 03/03/2019 - 21:56 Português
Poesia/Desilusão Palavras paralíticas em minha boca 0 85 03/01/2019 - 03:09 Português
Poesia/Amor O louco e a sombra 0 75 02/28/2019 - 21:54 Português