CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Os Encalhados

 

 

PaLavras a tua terra
Com esperança de que nela brotem
As frases que sempre quiseste ouvir.
As que semeaste
Em forma de pensamento
Ou de sonho acordado.
Trazes no teu desejo-regador
A água
Que fará nascer o rebento.
E regas
Regas
À espera do momento.
E continuas a regar
A regar
Até te encontrares
Num lamaçal
Onde nada poderá brotar.
Criaste um curral
E continuas a regar
Negando aquilo que não queres ver.
E chegam os porcos
E em porco te tornas.
E rebolas na porcaria
Perdendo a noção do tempo.
É confortável
Ser-se miserável .
Talvez por ser mais fácil.
Quando tudo que tinhas que ter feito
Era procurar outro lugar.
Outro solo.
Outro regar.
Calhou-te o encalhar
E ao calhas encalhaste.
 

Submited by

domingo, abril 24, 2011 - 12:32

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Outro

imagem de Outro
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 anos 4 semanas
Membro desde: 03/02/2010
Conteúdos:
Pontos: 884

Comentários

imagem de MEYRE

Creio que para muitos tudo

Creio que para muitos tudo calha e encalham ...as vezes por que é confortável;tipo o nada ouço nada vejo e nada digo. regam com o desejo-regador(adorei essa parte) e acabam num lamaçal onde nada mais irá brotar,bela construção.abraços

meyre

imagem de Outro

Os Encalhados

Para já Obrigado pelo teu comentário Meyre! Um comentário desde que não seja destrutivo é sempre um cafuné.

Quanto ao conforto da miserabilidade é real. O "pseudo-coitado" ou pseudo-miseravel ( poque eu não acredito em coitadismos e acredito que todos somos capazes de tudo ( Paulo Coelhices à parte ) sem querer ferir susceptibilidades porque "gostos não se discutem"), tem sempre argumentos para tudo escondendo-se atrás do escudo da sua pseudomiserabilidade e coitadismo.

Mais uma vez obrigado!

Bjs

imagem de Susan

A água de beber está

A água de beber está turva 

já não ´sacia a sede ...

E neste caminho curto não faz a curva ,

está feito possa em mina ....

Um escrita instigante como sempre !!!

Muito bom te ler , já tinha saudade aparece mais vezes wink

Beijos

Susan

imagem de Outro

Os Encalhados

Obrigado Susanita!  També m tenho saudades tuas.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Outro

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Geral Ladainha à Santa Existência 0 531 02/21/2011 - 12:54 Português
Ministério da Poesia/Geral Kriptonite 0 394 02/21/2011 - 12:51 Português
Ministério da Poesia/Geral Introspecção 0 321 02/21/2011 - 12:50 Português
Ministério da Poesia/Geral Insano Jardim 0 291 02/21/2011 - 12:48 Português
Ministério da Poesia/Geral Higiene Intelectual 0 683 02/21/2011 - 12:45 Português
Ministério da Poesia/Geral Grão a Grão 0 307 02/21/2011 - 12:44 Português
Ministério da Poesia/Geral Falta de Pontualidade 0 591 02/21/2011 - 12:41 Português
Ministério da Poesia/Geral Ex-Qualquer Coisa que Ainda É 0 275 02/21/2011 - 12:38 Português
Ministério da Poesia/Geral Expulso Da Linguagem 0 440 02/21/2011 - 12:35 Português
Ministério da Poesia/Geral Este Eterno Quase por Acontecer 0 711 02/21/2011 - 12:32 Português
Ministério da Poesia/Geral Envolvencia 0 926 02/21/2011 - 12:29 Português
Ministério da Poesia/Geral Entes Queridos Entre Escritos 0 450 02/21/2011 - 12:27 Português
Ministério da Poesia/Geral Dilaceramo-te 0 369 02/21/2011 - 12:26 Português
Ministério da Poesia/Geral Cores Embriagadas 0 312 02/21/2011 - 12:24 Português
Ministério da Poesia/Geral Contatação 0 434 02/21/2011 - 12:23 Português
Ministério da Poesia/Geral Colestrol Criativo 0 646 02/21/2011 - 12:20 Português
Ministério da Poesia/Geral Códigos Apocrifos e Outros 0 479 02/21/2011 - 12:19 Português
Ministério da Poesia/Geral Catarse 0 767 02/21/2011 - 12:16 Português
Ministério da Poesia/Geral Até que a Vida Nos Separe 0 464 02/21/2011 - 12:13 Português
Ministério da Poesia/Geral Até Isto Passar 0 482 02/21/2011 - 12:10 Português
Ministério da Poesia/Geral Ataraxia 0 677 02/21/2011 - 12:07 Português
Ministério da Poesia/Geral Aniversário 0 651 02/21/2011 - 12:06 Português
Ministério da Poesia/Geral Amo-te Mais ou Menos 0 830 02/21/2011 - 12:05 Português
Ministério da Poesia/Geral Amor com Sabor a Letras 0 511 02/21/2011 - 12:04 Português
Ministério da Poesia/Geral "Amanheser" 0 938 02/21/2011 - 12:01 Português