CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

PARTO SEM DESTINO


Parto sem destino
Dobro a última esquina
Faço aceno ao Divino
Recordo quando era menina
Meus passos tristes e lentos
Virgem de sonhos e pensamentos.

Faço pequeno balanço da vida
Alimento esperança, nem sei de quê
A memória levo já descolorida
E a luz nos olhos já mal se vê.
Esqueço o encantamento e a emoção.
Trago comigo a nostalgia da infância
Talvez me chegue a madrugada ao coração.
Surja alguma estrela, nesta febril ânsia.

Levo comigo o tudo e o nada
Encho-me de liberdade, como pombo solto
E se alcançar a madrugada?!
Não volto!
Parto-me na lonjura
Esqueço tudo no meu olhar caído
Já de mim não sinto pena, só loucura,
Pena do tempo eu ter perdido.

Já não tenho a força da semente
Morro nestas palavras e sua inquietude
Neste sonho reposarei serenamente
Levo da vida saudade da Juventude.

natalia nuno
 

Submited by

terça-feira, dezembro 28, 2010 - 21:25

Poesia :

No votes yet

natalianuno

imagem de natalianuno
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 17 semanas 2 dias
Membro desde: 12/17/2009
Conteúdos:
Pontos: 697

Comentários

imagem de Susan

Um poema sentido me vejo nos

Um poema sentido me vejo nos teu versos ...

Beijos

Susan

imagem de natalianuno

agradecimento

Olá Susan

Grata pelo carinho.

Beijinho grande

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of natalianuno

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza TARDE QUIETA 0 547 12/21/2010 - 19:53 Português
Poesia/Desilusão E NADA TEM SENTIDO 0 628 12/21/2010 - 19:58 Português
Poesia/Desilusão NÃO SEI AO CERTO 0 826 12/22/2010 - 16:47 Português
Poesia/Tristeza SEGREDANDO 0 637 12/22/2010 - 22:56 Português
Poesia/Desilusão O POEMA NÃO SABE 2 817 12/22/2010 - 23:00 Português
Poesia/Desilusão LOUCURA 0 619 12/23/2010 - 15:53 Português
Poesia/Tristeza ENTRE O CÉU E A TERRA 0 867 12/23/2010 - 18:40 Português
Poesia/Desilusão REFLEXO 0 1.488 12/23/2010 - 22:34 Português
Poesia/Tristeza IRONIA 0 651 12/25/2010 - 19:07 Português
Poesia/Desilusão ESTE SILÊNCIO 2 784 12/26/2010 - 22:08 Português
Poesia/Amor EUFORIA DO AMOR 2 605 12/26/2010 - 22:11 Português
Poesia/Meditação A VIDA É ESTE BAILADO 2 614 12/26/2010 - 22:32 Português
Poesia/Desilusão SONHOS ADIADOS 4 743 12/26/2010 - 22:38 Português
Poesia/Alegria HÁ-DE RESTAR UMA CENTELHA VIVA! 2 457 12/26/2010 - 22:40 Português
Poesia/Tristeza HOJE ME SINTO A MORRER 0 360 12/26/2010 - 23:00 Português
Poesia/Tristeza PARTO SEM DESTINO 2 676 12/28/2010 - 21:42 Português
Poesia/Tristeza MEMORIA DUM TEMPO ÍDO 3 593 12/28/2010 - 21:54 Português
Poesia/Dedicado UM RAIO DE SOL 0 430 12/29/2010 - 14:31 Português
Poesia/Meditação NÃO SEI NÃO !? 0 429 12/29/2010 - 14:33 Português
Poesia/Amor POEMA AO AMOR 0 635 12/29/2010 - 14:36 Português
Poesia/Dedicado A TI MÃE 0 350 12/29/2010 - 21:02 Português
Poesia/Geral QUADRAS LOUCAS 0 940 12/30/2010 - 19:15 Português
Poesia/Desilusão À VIDA 2 864 12/30/2010 - 21:33 Português
Poesia/Tristeza PALAVRAS LEVA-AS O VENTO 4 1.148 12/30/2010 - 21:36 Português
Poesia/Geral QUADRAS SEM VOZ 2 603 12/30/2010 - 21:40 Português