CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Poesia, a Fusão do Princípio e do Fim!


Vejo imagens caminhando em minha direção
Minha contenda com o pássaro e o dragão
Os anjos que trazem a luz na escuridão
Os fantasmas que assombram a solidão

Vejo cores aonde elas nunca existiram
Enlouqueço ao ver que as pedras respiram
As letras saltam me desviando da realidade
Vagueio de encontro à perpétua saudade!

Vejo o meu intimo totalmente despido
Sinto-me morta sem nunca ter morrido
Provo das dores que eu nunca imaginei
Falo com intensidade daquilo que não sei


Vejo rosto triste e alegre me encarando
Pássaros perdidos a procura do bando
A escuridão que me puxa para o fundo
A claridade que ilumina o meu mundo

Vejo a outra face da minha alma nua
Mergulho no lago que reflete a lua
Contemplo a fúria do mar em mim
Faço a fusão do princípio e do fim!

Janete Sales

"Dany"

21/01/2013

Submited by

segunda-feira, fevereiro 18, 2013 - 10:44

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Dany May

imagem de Dany May
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 4 anos 45 semanas
Membro desde: 11/01/2011
Conteúdos:
Pontos: 1271

Comentários

imagem de Nuno Lago

O Princípio e o Fim

O ideal inatingível e sempre ansiado, a fusão do Princípio e do Fim, em continuidade eterna...
Um objetivo que, mesmo em fantasia, seria belo partilhar com a tua sensibilidade, Poeta Janete.

Beijos
Nuno

imagem de Dany May

OLá Nuno Lago!

Sim Amigo Poeta fantasiar algo assim só em poesia que pena não é mesmo?
Agradeço a sensibilidade...
Obrigado pelo comentário e pela presença!

Beijos

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Dany May

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação Este é o seu sonho e demais ninguém! 0 317 07/27/2012 - 14:05 Português
Poesia/Tristeza Silêncio interior 0 389 07/27/2012 - 13:58 Português
Poesia/Geral O mundo não tem portas! 2 291 07/27/2012 - 13:40 Português
Videos/Outros História do povo Cigano 0 2.120 07/21/2012 - 18:02 Português
Poesia/Meditação Um homem de valor! 0 649 07/21/2012 - 17:11 Português
Poesia/Geral Entre lágrimas e risos! 0 403 07/18/2012 - 22:26 Português
Poesia/Meditação Que nunca me falte a água! 2 232 07/18/2012 - 22:14 Português
Ministério da Poesia/Tristeza Escuridão em mim 0 1.132 07/18/2012 - 21:55 Português
Ministério da Poesia/Amor Eu vou te vencer 0 559 07/14/2012 - 03:49 Português
Poesia/Tristeza Se hoje eu choro é porque preciso! 0 461 07/14/2012 - 03:08 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Tão amável avó Maria! 0 1.038 07/11/2012 - 21:17 Português
Poesia/Pensamentos Que nunca me falte a água! 0 295 07/11/2012 - 21:06 Português
Poesia/Tristeza Se hoje eu choro é porque preciso! 0 356 07/11/2012 - 21:03 Português
Poesia/Amor O nosso amor é tudo isto! 2 752 07/09/2012 - 06:43 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Pensamento de um passarinho 0 1.244 07/04/2012 - 23:54 Português
Ministério da Poesia/Tristeza Você me daria um emprego? E sem sentir medo? 0 649 07/04/2012 - 23:48 Português
Ministério da Poesia/Meditação Pedra 0 872 07/04/2012 - 02:37 Português
Poesia/Tristeza Um beijo 2 828 07/04/2012 - 02:27 Português
Ministério da Poesia/Dedicado O poeta vive a poesia 4 936 07/04/2012 - 02:22 Português
Ministério da Poesia/Meditação Um pedido 0 446 07/02/2012 - 04:08 Português
Ministério da Poesia/Amizade A sua estrela também tem que brlhar 0 885 06/30/2012 - 18:36 Português
Ministério da Poesia/Meditação Mundo estranho 0 634 06/30/2012 - 16:36 Português
Ministério da Poesia/Gótico Anjo sem asas 0 1.225 06/26/2012 - 13:20 Português
Ministério da Poesia/Meditação Vários passos... 0 799 06/26/2012 - 13:13 Português
Ministério da Poesia/Meditação Morrer em vida... 0 629 06/26/2012 - 13:10 Português