CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

PRINCÍPIOS

Conjura-se a indecência diante do povo
Que blasfema solidariedade de fantasia...
Passo a passo absorve-se uma histeria
E se permite que o social seja um corvo

Que devora amiúde os ideais de alquimia
Dos que buscam implementar tudo novo...
Subleva-se da ingratidão o que é estorvo,
Contudo nada é exemplo do que se havia.

Dissipa-se a exegese que tudo interpreta
E se traz para o quotidiano uma vil heresia
Malbaratada por vínculos que se atrofiam
Perante o tempo que fere como uma seta.

Desnudam-se das horas todos os abismos,
Pois minutos e segundos são adventismos!

DE Ivan de Oliveira Melo

Submited by

sábado, março 21, 2020 - 01:29

Poesia :

No votes yet

imelo

imagem de imelo
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 semana 2 dias
Membro desde: 09/09/2009
Conteúdos:
Pontos: 1654

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of imelo

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Desejos os desejos 1 731 09/14/2009 - 18:43 Português
Poesia/Geral Ansiedade 1 660 09/14/2009 - 18:28 Português
Poesia/Amor Pontos Estratégicos ( Alicerces do Amor ) 1 865 09/14/2009 - 18:19 Português
Poesia/Aforismo Sentença Inevitável 1 687 09/12/2009 - 19:40 Português
Poesia/Geral Alegorias Letais 1 839 09/09/2009 - 20:55 Português