CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Pura ilusão cega

Há um circo montado
na tenda
de um descampado
onde habitam
os dentro da lei…
São esses
os grandes conhecedores
não doutorados
por pergaminho
mas pelo egotismo …

Fazem malabarismos
acrobacias
mascaram com primazia!

Contém
cães amestrados
prontos a latir…
Os aplausos são fáceis
dentro das próprias mãos…

É um coliseu
em circulo
estagnado
não estudado
porque o conhecimento
já é grande
dentro do ego,
engordado
pela fada madrinha
da pura ilusão cega!

 

Submited by

terça-feira, janeiro 10, 2012 - 18:05

Poesia :

Your rating: None (2 votes)

AnaCoelho

imagem de AnaCoelho
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 7 anos 1 semana
Membro desde: 11/14/2008
Conteúdos:
Pontos: 1789

Comentários

imagem de Henrique

Pura ilusão cega!!! Circo!!!

Pura ilusão cega!!!

Circo!!! Espetáculo!!!

Depois de ler, é como se fossemos à boleia de um tiro...

A fantasiar por aí a realidade.

Gostei bastante!!!

Um Beijinho Ana.

Abraço ao José.

:-)

imagem de ISABELLA - M - REGO

"Os aplausos são

"Os aplausos são faceis

Dentro das próprias mão."

Adorei o seu poema, amiga Ana Coelho

Parabéns!

Beijinho

de

sua amiga

Isabella

imagem de VanZen7

...

Muito bom!

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of AnaCoelho

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Prosas/Pensamentos Provas reais das contas onde os dedos se perdem 0 1.077 09/19/2011 - 05:51 Português
Poesia/Meditação Força da fraqueza 0 1.122 07/09/2011 - 12:39 Português
Poesia/Meditação Configurações 2 831 06/30/2011 - 21:56 Português
Poesia/Meditação Criança 4 569 06/02/2011 - 12:00 Português
Poesia/Meditação Sombra da cor 1 1.031 05/09/2011 - 21:16 Português
Poesia/Geral O prefácio do silêncio 3 893 05/01/2011 - 20:25 Português
Poesia/Aforismo A loucura da palavra 1 1.119 04/26/2011 - 16:30 Português
Poesia/Geral Na cegueira de olhos abertos 1 792 04/09/2011 - 04:50 Português
Poesia/Meditação Ao partir da noite 1 1.310 03/29/2011 - 23:06 Português
Prosas/Pensamentos Espasmos 0 1.122 03/24/2011 - 00:31 Português
Poesia/Meditação Pulsares ocos 0 620 03/18/2011 - 06:39 Português
Poesia/Meditação Respirava os gritos das gaivotas 2 859 03/04/2011 - 23:57 Português
Poesia/Meditação Introspecção 2 640 02/23/2011 - 22:36 Português
Poesia/Meditação Os músculos da coragem 0 788 02/02/2011 - 01:52 Português
Poesia/Meditação Os ecos são de silêncio 3 816 01/30/2011 - 21:29 Português
Poesia/Meditação No fim do crepúsculo 3 686 01/30/2011 - 01:50 Português
Poesia/Pensamentos Até que o dia 1 1.083 01/21/2011 - 10:58 Português
Poesia/Amor Harpas de paixão 2 1.444 01/10/2011 - 22:43 Português
Poesia/Amizade Resposta a uma amiga 1 738 01/10/2011 - 22:38 Português
Poesia/Meditação Balanço os sons da mente 3 651 01/07/2011 - 21:48 Português
Poesia/Meditação Nas distâncias os ecos de outras palavras, 0 483 01/01/2011 - 21:27 Português
Poesia/Dedicado O último poema 2 610 01/01/2011 - 13:06 Português
Poesia/Meditação Até ao amanhecer 1 979 12/31/2010 - 17:06 Português
Videos/Perfil 1027 0 904 11/24/2010 - 22:08 Português
Videos/Perfil 600 0 1.214 11/24/2010 - 22:00 Português