CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Pura ilusão cega

Há um circo montado
na tenda
de um descampado
onde habitam
os dentro da lei…
São esses
os grandes conhecedores
não doutorados
por pergaminho
mas pelo egotismo …

Fazem malabarismos
acrobacias
mascaram com primazia!

Contém
cães amestrados
prontos a latir…
Os aplausos são fáceis
dentro das próprias mãos…

É um coliseu
em circulo
estagnado
não estudado
porque o conhecimento
já é grande
dentro do ego,
engordado
pela fada madrinha
da pura ilusão cega!

 

Submited by

terça-feira, janeiro 10, 2012 - 18:05

Poesia :

Your rating: None (2 votes)

AnaCoelho

imagem de AnaCoelho
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 46 semanas
Membro desde: 11/14/2008
Conteúdos:
Pontos: 1789

Comentários

imagem de Henrique

Pura ilusão cega!!! Circo!!!

Pura ilusão cega!!!

Circo!!! Espetáculo!!!

Depois de ler, é como se fossemos à boleia de um tiro...

A fantasiar por aí a realidade.

Gostei bastante!!!

Um Beijinho Ana.

Abraço ao José.

:-)

imagem de ISABELLA - M - REGO

"Os aplausos são

"Os aplausos são faceis

Dentro das próprias mão."

Adorei o seu poema, amiga Ana Coelho

Parabéns!

Beijinho

de

sua amiga

Isabella

imagem de VanZen7

...

Muito bom!

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of AnaCoelho

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Valsa do amor 3 284 03/01/2010 - 15:31 Português
Poesia/Geral Melodia dos sentidos 5 409 03/01/2010 - 03:08 Português
Poesia/Meditação Respostas sem perguntas 4 301 02/28/2010 - 23:12 Português
Poesia/Amor Um sorriso de sonho 4 274 02/28/2010 - 15:55 Português
Poesia/Geral Fluxo em desassossego 3 351 02/27/2010 - 14:02 Português
Poesia/Amor Estrelas de champanhe 7 553 02/27/2010 - 13:16 Português
Poesia/Geral Nuances de Um Silêncio a Dois 6 221 02/24/2010 - 19:47 Português
Poesia/Meditação No âmago que sou 5 610 02/19/2010 - 21:13 Português
Poesia/Amor “Não tenhas medo” 3 473 02/18/2010 - 17:08 Português
Poesia/Geral Jardins de névoa 4 313 02/18/2010 - 16:27 Português
Poesia/Aforismo Ramos de apogeu 6 301 02/16/2010 - 18:12 Português
Poesia/Amor O som do amor 5 466 02/15/2010 - 01:11 Português
Poesia/Meditação Minúsculos gestos 6 524 02/14/2010 - 00:12 Português
Poesia/Paixão Juntos no amor 3 545 02/13/2010 - 17:27 Português
Poesia/Meditação Grito sublime de um talvez 7 275 02/13/2010 - 16:54 Português
Poesia/Dedicado Para ti, filha 7 331 02/11/2010 - 20:27 Português
Poesia/Meditação Nos seios sagrados 6 630 02/08/2010 - 20:20 Português
Prosas/Contos Ventos de júbilo 4 380 02/07/2010 - 23:08 Português
Poesia/Geral Máscaras 6 672 02/06/2010 - 23:29 Português
Poesia/Geral Com o limite dos dedos 3 467 02/05/2010 - 15:18 Português
Poesia/Amor Ao fim do dia 4 376 02/05/2010 - 14:58 Português
Poesia/Amor Linguagem dos gestos 6 488 01/30/2010 - 11:09 Português
Poesia/Meditação Borralho de um instante 4 1.066 01/29/2010 - 21:47 Português
Poesia/Amor Abraçados neste beijo 5 452 01/29/2010 - 18:52 Português
Poesia/Geral Peregrino 4 408 01/29/2010 - 16:14 Português