CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Que fique este jeito

Que fique este jeito

Cara coroa. Faz tudo em uma boa.
Dardos, estribos. Manifesta ser à toa.
Moinho de vento, poema em um lamento.
As marcas de vida. Não mexa na ferida.
Passagem, viagem, corrida e estrada.
Desejo, fissura, carinho encantado.
As marcas do tempo, sumiço.
Candeias e sinos, meninos.
Pensamentos soltos.
Quantos olhares loucos
Sem sofrimento ou dor,
Sem amor, sem clamor.
Cantigas calientes e versos proeminentes.
Que fique este jeito
Assim livre e satisfeito.
Que fique este jeito!

Texto de Teresa Azevedo, cuja obra encontra-se à venda no site www.clubedeautores.com.br

Pintura de Vincent Willem van Gogh -  pintor pós-impressionista neerlandês, frequentemente considerado um dos maiores de todos os tempos e conhecido por seus fracassos segundo a sociedade e tempo em que viveu.

Submited by

sábado, maio 31, 2014 - 10:56

Poesia :

No votes yet

teresaazevedo

imagem de teresaazevedo
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 anos 21 horas
Membro desde: 09/16/2010
Conteúdos:
Pontos: 608

Comentários

imagem de teresaazevedo

Seu comentário

Você é uma linda Débora.
Beijos,

imagem de deborabenvenuti

Que fique este jeito

Não é necessário mudar nada. Que fique esse jeito.Gostei.
Beijo

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of teresaazevedo

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Meditação Resposta breves 0 423 06/07/2011 - 00:54 Português
Ministério da Poesia/Paixão Mundo paralelo 0 410 06/06/2011 - 17:46 Português
Poesia/Paixão Rápidos encontros 0 465 05/23/2011 - 02:27 Português
Poesia/Tristeza Volta a ser maria 0 486 05/23/2011 - 02:23 Português
Poesia/Tristeza Até quando? 0 1.293 05/23/2011 - 02:20 Português
Poesia/Dedicado Homens, mitos e medos 0 544 05/16/2011 - 17:18 Português
Poesia/Amor Manifesto de amor 1 511 05/07/2011 - 18:33 Português
Poesia/Meditação Fugindo para o mato onde me reencontro 1 811 04/14/2011 - 01:34 Português
Prosas/Outros Abril de Verdade - 1º de Abril 5 955 04/02/2011 - 03:18 Português
Poesia/Amor A inexatidão dos sentidos devora a alma dos apaixonados 1 790 04/02/2011 - 02:59 Português
Poesia/Alegria Poetando na calmaria para ser felz 0 624 11/18/2010 - 16:41 Português