CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

que poema tirar da cartola.


o girassol busca o sol
o navegante o destino
a gélida sazão a quentura a pino
a investigação a interpol
rs

eu a sobreviver me atino
matutando a cada arrebol
nunca serei peixe adulto
é-me cômodo ser girino
pra vida sou pseudo arguto
num memorial repentino

a poesia busca  a gruta
esquecida da escol
a minha um tanto biruta
é carne viva  no formol

minhas palavras remexidas
um cacho de marimbondos
se perdem no besteirol

talvez eu busque o sossego
mas o que me dá medo
nestas nuances antigas
é achar que posso prever
qualquer passo antes dos tombos
com o microlume  dum farol

que poema tirar da cartola
duma flor
dum pássaro
dum sentir camuflado
do amor
????
(às vezes penso em cortar uma mulher em quatro
e arrancar-lhe o coração...)

escrevo para  Et's
a vocês e vosmecês
do meu canto escuro
no silêncio
substrato dum crisol

não sou água corrente
talvez um poço esquecido de águas mortas

jogo meu anzol

de vez em quando pesco umas frases tortas
que não limpam meu peito
como a essência do eucaliptol

>>>

***

Submited by

sexta-feira, dezembro 27, 2019 - 02:32

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

REHGGE

imagem de REHGGE
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 dias 18 horas
Membro desde: 06/08/2012
Conteúdos:
Pontos: 225

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of REHGGE

Tópico Título Respostasícone de ordenação Views Last Post Língua
Poesia/Geral e o barco vai... 0 3.324 06/27/2012 - 00:14 Português
Ministério da Poesia/Soneto à face do dia. 0 3.109 07/29/2012 - 23:07 Português
Poesia/Tristeza vendavais. 0 530 12/30/2019 - 21:22 Português
Poesia/Geral Que saudade de tudo que reside em mim 0 3.052 07/06/2012 - 23:46 Português
Poesia/Soneto 2 sonetos ordinários numa noite não menos ordinária no Bairro do Bixiga, SP. 0 3.358 08/12/2012 - 00:34 Português
Poesia/Soneto POR QUE A VIDA É ASSIM 0 3.175 06/29/2012 - 23:57 Português
Poesia/Erótico (in)CONCLUSO. 0 2.621 03/31/2013 - 22:11 inglês
Poesia/Erótico (in)CONCLUSO. 0 2.324 03/31/2013 - 22:11 inglês
Poesia/Intervenção Forró do H2O 0 3.096 06/24/2012 - 02:42 Português
Poesia/Desilusão PAINEIRA VELHA 0 2.219 06/08/2012 - 17:32 inglês
Poesia/Meditação QUEM ME DERA 0 2.126 06/08/2012 - 22:42 inglês
Poesia/Amor POEMA DE AMOR 0 2.055 06/09/2012 - 01:05 inglês
Ministério da Poesia/Comédia um sábio neozelandês 0 2.022 06/09/2012 - 02:32 inglês
Ministério da Poesia/Comédia um sábio neozelandês 0 2.661 06/09/2012 - 02:32 inglês
Poesia/Meditação sublevação. 0 2.043 06/09/2012 - 19:35 inglês
Poesia/Intervenção o fruto. 0 2.059 06/09/2012 - 23:21 inglês
Poesia/Fantasia QUEM SABE SE EU TIVESSE O DOM 0 3.063 06/10/2012 - 02:59 inglês
Poesia/Geral QUEM QUER SER MEU AMIGO? 0 1.892 06/10/2012 - 15:38 inglês
Poesia/Paixão poema para Rosa. 0 2.439 06/12/2012 - 01:15 inglês
Poesia/Geral da tristeza & da alegria. 0 2.221 06/13/2012 - 00:29 Português
Poesia/Geral RUA XIS. 0 2.150 06/14/2012 - 00:38 Português
Poesia/Geral EU QUERIA FALAR A LÍNGUA DOS POETAS 0 2.761 06/15/2012 - 23:34 inglês
Poesia/Fantasia O MAGO. 0 2.562 06/16/2012 - 15:51 inglês
Ministério da Poesia/Tristeza RECUERDOS DE CABINA (Memórias do Cubículo) 0 3.550 06/16/2012 - 18:31 inglês
Poesia/Tristeza GLÓRIA A MEU PAI 0 2.314 06/19/2012 - 23:56 Português