CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Recolhido

Recolhido

Minha palidez é com a vida, vida que me afoga
em relacionamentos frustrados.

Neblina insensata que me cega e roga um novo
amor melhor idealizado.

Não quero tão cedo ou tão tarde ama de novo.

Quero ser solitário acompanhado de minha nobre
e miserável presença.

A ausência me dá mais segurança, não vou de
novo fabricar novas lembranças.

Minha solidão tem me feito muito bem não
vou brigar com você.

É feio ver você brigando, prefiro ser seu amigo
do que viver me explicando.

És linda demais me dá medo de envolver mais,
estou saindo de fininho.

Deixo meu beijo e meu carinho vai ser feliz,
ainda estou ferido com vida, sou fera recolhida.

E espero ficar em breve de bem com a vida.
O amor me fascina e amar de novo dá medo,
esse é meu mistério.

Estou sério, estou só, estou um tanto feliz
e um tanto com dó.

Vai passar esse vendaval e o equilíbrio e a
minha segurança vai voltar.

Um dia de novo talvez novamente vou amar.

http://www.wilson-marques.blogspot.com

O NOVO POETA. (W.Marques).

O NOVO POETA. (W.Marques).

Submited by

sábado, junho 19, 2010 - 12:49

Poesia :

No votes yet

onovopoeta

imagem de onovopoeta
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 31 semanas 4 dias
Membro desde: 04/19/2009
Conteúdos:
Pontos: 1469

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of onovopoeta

Tópico Títuloícone de ordenação Respostas Views Last Post Língua
Poesia/Amor “Águas novas” 3 867 07/18/2010 - 13:11 Português
Poesia/Amor Coitado do amor 0 715 11/18/2010 - 16:15 Português
Poesia/Desilusão Semblante entristecido 4 914 09/23/2009 - 11:41 Português
Poesia/Amor A espera do acaso 1 689 05/22/2009 - 00:14 Português
Poesia/Dedicado Diabo doente 2 609 03/18/2010 - 19:35 Português
Poesia/Meditação Epidemia mais cruel 3 546 08/20/2009 - 19:31 Português
Poesia/Meditação FELIZ ANO NOVO 1 322 01/01/2010 - 20:25 Português
Poesia/Fantasia Gotas de horrores 3 749 06/10/2009 - 15:56 Português
Poesia/Gótico Gotas góticas 2 896 01/16/2010 - 16:27 Português
Poesia/Amor Me alcance 2 731 03/15/2010 - 16:53 Português
Poesia/Amor Na boate rosa 4 573 11/18/2009 - 14:00 Português
Poesia/Meditação Não mudou nada 4 663 08/22/2009 - 16:54 Português
Poesia/Fantasia Negro, preto e escuro 6 747 08/06/2009 - 11:55 Português
Poesia/Amor O amor vence 1 364 01/30/2010 - 20:09 Português
Poesia/Meditação Pobre pato 1 769 05/02/2009 - 00:23 Português
Poesia/Meditação Talvez previsível 4 384 02/13/2010 - 00:43 Português
Poesia/Meditação Velha negra e transparente 2 642 05/13/2009 - 11:45 Português
Poesia/Meditação Abstruso e abestalhado 1 878 02/05/2010 - 21:51 Português
Poesia/Tristeza Ala 33 sala 7 2 836 08/21/2010 - 01:37 Português
Poesia/Pensamentos Alma desalmada 0 858 07/16/2010 - 15:06 Português
Poesia/Amor Alvéolo obscuro 1 886 09/01/2010 - 00:15 Português
Poesia/Amor ARARA AZUL 5 831 04/19/2010 - 11:04 Português
Poesia/Geral ATO SECRETO 1 646 09/06/2009 - 18:13 Português
Poesia/Meditação Aura acinzentada 3 580 10/09/2009 - 20:03 Português
Poesia/Geral Bananas das trevas 2 688 09/26/2009 - 22:15 Português