CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Revolução Industrial

A marca última do poder
Pode ser a sua invisibilidade
Ou qualquer outra coisa
Quem poderá explicar?
O que é história
Importa menos do que como a História funciona.
A Revolução Industrial transformou o mundo
A intensificação da produção
Provocou um aumento em grande escala
E velocidade até então inédita.
E o resultado de tudo isso?
Desastrosos impactos ambientais globais
Que ameaçam todas as vidas no planeta.
O mundo agora é como um carrossel
Girando em uma velocidade crescente
Cada vez mais rápido.
Até quando?
Será que algum dia chegaremos em algum lugar?
Seja jovem e se cale
É que bradam por ai
Aceite as proibições impostas
Pelos poderes instituídos
Ou será que a rebeldia juvenil seja útil?
É preciso pensar
Se quisermos romper com essas imposições.
Em algum lugar
No limite da consciência
O que mais pode existir?

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

sábado, setembro 23, 2023 - 11:25

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 15 horas 9 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 16191

Comentários

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Paixão Loucura que me faz sonhar 6 1.560 04/25/2024 - 21:40 Português
Poesia/Paixão Apenas um olhar e um sorriso 6 895 04/24/2024 - 20:13 Português
Poesia/Desilusão Essa saudade que me invade 6 281 04/22/2024 - 20:29 Português
Poesia/Dedicado Tiradentes 6 935 04/21/2024 - 13:48 Português
Poesia/Pensamentos Armadilhas ou ratoeiras 6 1.994 04/20/2024 - 20:08 Português
Poesia/Meditação Onde vão os velhos quando ficam velhos? 6 462 04/20/2024 - 13:53 Português
Poesia/Pensamentos Incoerência fantasiosa absurda 6 1.227 04/19/2024 - 20:29 Português
Poesia/Meditação A trágica paixão de Sansão 6 305 04/18/2024 - 20:34 Português
Poesia/Desilusão A parte fraca do coração 6 346 04/17/2024 - 00:43 Português
Poesia/Desilusão O lamento do sofrer 6 338 04/16/2024 - 11:40 Português
Poesia/Meditação O fim do mundo bate à porta 6 652 04/15/2024 - 23:38 Português
Poesia/Meditação Eu posso dizer não! 6 293 04/15/2024 - 11:29 Português
Poesia/Meditação A angústia de Caim 7 1.368 04/15/2024 - 00:52 Português
Poesia/Amor Não era brincadeira 6 412 04/13/2024 - 14:09 Português
Poesia/Amor Fascinante 6 1.343 04/10/2024 - 20:11 Português
Poesia/Amor Em cada pétala de rosa 7 653 04/10/2024 - 02:31 Português
Poesia/Meditação A Mulher Samaritana 6 1.176 04/08/2024 - 23:06 Português
Poesia/Intervenção Contra o racismo 6 462 04/07/2024 - 14:06 Português
Poesia/Desilusão Do amor não correspondido 6 1.481 04/06/2024 - 14:18 Português
Poesia/Intervenção Contra o bullying 6 771 04/05/2024 - 22:58 Português
Poesia/Amor Impossível ignorar 6 599 04/05/2024 - 02:43 Português
Poesia/Desilusão Não posso te esquecer 6 1.405 04/04/2024 - 02:54 Português
Poesia/Desilusão Seu prisioneiro 6 535 04/02/2024 - 11:51 Português
Poesia/Amor Um poema sem palavras 6 547 04/01/2024 - 19:33 Português
Poesia/Desilusão Quando não se pode evitar 6 581 03/30/2024 - 13:27 Português