CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Revolução Industrial

A marca última do poder
Pode ser a sua invisibilidade
Ou qualquer outra coisa
Quem poderá explicar?
O que é história
Importa menos do que como a História funciona.
A Revolução Industrial transformou o mundo
A intensificação da produção
Provocou um aumento em grande escala
E velocidade até então inédita.
E o resultado de tudo isso?
Desastrosos impactos ambientais globais
Que ameaçam todas as vidas no planeta.
O mundo agora é como um carrossel
Girando em uma velocidade crescente
Cada vez mais rápido.
Até quando?
Será que algum dia chegaremos em algum lugar?
Seja jovem e se cale
É que bradam por ai
Aceite as proibições impostas
Pelos poderes instituídos
Ou será que a rebeldia juvenil seja útil?
É preciso pensar
Se quisermos romper com essas imposições.
Em algum lugar
No limite da consciência
O que mais pode existir?

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

sábado, setembro 23, 2023 - 10:25

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 dias 17 horas
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 13773

Comentários

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Dedicado Cáceres, 245 anos! 5 344 10/06/2023 - 12:06 Português
Poesia/Meditação Na quietude da alma 5 400 10/06/2023 - 11:24 Português
Poesia/Amor O amor tomou conta de mim 5 400 10/05/2023 - 21:34 Português
Poesia/Dedicado Cáceres, nascida Vila Maria 5 365 10/05/2023 - 14:13 Português
Poesia/Amor Imensidão 5 422 10/05/2023 - 02:53 Português
Poesia/Dedicado Cáceres, erguida com glória 5 313 10/04/2023 - 18:17 Português
Poesia/Amor Só preciso de você 5 353 10/04/2023 - 10:54 Português
Poesia/Dedicado Raízes 5 423 10/03/2023 - 20:44 Português
Poesia/Dedicado Cáceres é farol que ilumina 5 367 10/03/2023 - 15:54 Português
Poesia/Pensamentos Esconderijo 5 406 10/03/2023 - 02:47 Português
Poesia/Dedicado Cáceres, símbolo de lutas 5 422 10/02/2023 - 19:12 Português
Poesia/Pensamentos A melodia das canções perdidas 5 373 10/02/2023 - 10:38 Português
Poesia/Dedicado Cáceres, Terra de Beleza Singular 5 321 10/01/2023 - 21:35 Português
Poesia/Meditação Outubro Rosa e a conscientização 5 334 10/01/2023 - 17:56 Português
Poesia/Amor Nas entrelinhas do olhar 5 362 10/01/2023 - 13:26 Português
Poesia/Meditação Cada instante precioso 5 430 09/30/2023 - 19:01 Português
Poesia/Amor Quero repousar 5 342 09/30/2023 - 12:25 Português
Poesia/Amor Motivos 5 387 09/29/2023 - 19:35 Português
Poesia/Intervenção O tempo que não temos 5 374 09/29/2023 - 10:54 Português
Poesia/Desilusão Quebrei a taça da amargura 5 386 09/28/2023 - 18:56 Português
Poesia/Canção Deixe o grande mundo girar 5 339 09/28/2023 - 10:11 Português
Poesia/Amor Inspiração 5 396 09/27/2023 - 21:44 Português
Poesia/Amor Nas estrelas do seu olhar 5 276 09/27/2023 - 14:51 Português
Poesia/Intervenção Como um fogo a arder 5 327 09/27/2023 - 10:38 Português
Poesia/Meditação Onda de calor 5 354 09/26/2023 - 19:39 Português