CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Só o tempo passa...

... e foi assim que cheguei:
despojado de tudo,
sentimentos, atos, ilusões
e esperanças.
Em busca de um novo mundo.
Deixei por sobre os ombros
vales, montanhas, seres ôcos,
prostitutas mulambentas,
criancinhas remelentas....
Adiante, séculos e séculos após
surgiu o novo mundo
e lá me vi,
nu de ilusões e esperanças,
entre criancinhas remelentas
e prostitutas mulambentas...

www.nossomundo.bligoo.com.br

Submited by

terça-feira, maio 24, 2011 - 17:23

Poesia :

No votes yet

Remisson

imagem de Remisson
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 anos 36 semanas
Membro desde: 08/21/2008
Conteúdos:
Pontos: 417

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Remisson

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Geral No berço 0 363 05/25/2011 - 16:16 Português
Ministério da Poesia/Geral Nada 0 386 05/25/2011 - 16:15 Português
Ministério da Poesia/Geral Cinzas 0 305 05/25/2011 - 16:14 Português
Ministério da Poesia/Haikai Chuva 0 793 05/25/2011 - 16:13 Português
Ministério da Poesia/Geral Ave! 0 473 05/25/2011 - 16:11 Português
Ministério da Poesia/Amor Súplica 0 292 05/25/2011 - 16:10 Português
Ministério da Poesia/Geral Vizinho ilustre 0 486 05/25/2011 - 14:27 Português
Ministério da Poesia/Geral Ao censor 0 426 05/25/2011 - 14:22 Português
Ministério da Poesia/Amor Para ver-te 0 321 05/25/2011 - 14:15 Português
Ministério da Poesia/Geral Estrela 0 399 05/25/2011 - 14:13 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Só o tempo passa... 0 349 05/25/2011 - 14:04 Português
Ministério da Poesia/Geral Origem 0 483 05/25/2011 - 13:51 Português
Ministério da Poesia/Geral Poema furtivo 0 249 05/25/2011 - 13:44 Português
Ministério da Poesia/Geral Prendas de vestir 0 671 05/25/2011 - 13:39 Espanhol
Ministério da Poesia/Geral O tal o cual 0 430 05/25/2011 - 13:33 Português
Ministério da Poesia/Geral Áurea 0 444 05/25/2011 - 13:29 Português
Ministério da Poesia/Geral Insurrecto 0 360 05/25/2011 - 13:27 Português
Ministério da Poesia/Meditação Envoltura 0 450 05/25/2011 - 13:24 Português
Ministério da Poesia/Geral Transición 0 319 05/25/2011 - 13:22 Português
Ministério da Poesia/Soneto Elmano no retorno a Portugal 0 535 05/25/2011 - 13:16 Português
Ministério da Poesia/Soneto Classificado 0 571 05/25/2011 - 13:13 Português
Ministério da Poesia/Soneto À minha mãe 0 400 05/25/2011 - 13:10 Português
Ministério da Poesia/Soneto Prisão e liberdade 0 370 05/25/2011 - 13:07 Português
Ministério da Poesia/Geral Introdução 0 253 05/25/2011 - 13:04 Português
Poesia/Geral Introdução 0 417 05/25/2011 - 12:40 Português