CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Segundo Soneto da Morte (Gabriela Mistral)

Este longo cansaço irá ser grande um dia
e a alma dirá ao corpo que não quer
arrastar o seu peso ao longo desta vida
por onde os homens vão, felizes por viver.

Sentirás que ao teu lado cavam brutalmente,
que outro hóspede chega à serena cidade.
Vou esperar que alguém me cubra completamente
e depois falaremos uma eternidade!

Só então saberás porque é que, ainda imaturo,
para as profundas fossas o teu corpo iria
aí dormir tranquilo, aí permanecer.

E então far-se-á luz no campanário escuro:
saberás que entre nós sinais de astros havia
e que, quebrando o pacto, tinhas de morrer.

 

Gabriela Mistral, poetisa chilena, prêmio Nobel de Literatura de 1945, In: Poesias escolhidas
Tradução de Henriqueta Lisboa. Ilus. Marianne Clouzot. Rio de Janeiro: Editora Opera Mundi, 1973.
211 p.
 

Submited by

segunda-feira, julho 11, 2011 - 22:36

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

AjAraujo

imagem de AjAraujo
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 11 semanas
Membro desde: 10/29/2009
Conteúdos:
Pontos: 15584

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of AjAraujo

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação Queria apenas falar de um Natal... 3 1.222 11/15/2009 - 21:54 Português
Poesia/Dedicado Arcas de Natal 3 1.402 11/20/2009 - 04:02 Português
Poesia/Dedicado Natal: uma prece 1 1.187 11/24/2009 - 12:28 Português
Poesia/Aforismo Uma crônica de Natal 3 1.199 11/26/2009 - 04:00 Português
Poesia/Meditação Natal: A paz do Menino Deus! 2 1.156 12/13/2009 - 12:32 Português
Poesia/Dedicado Auto de Natal 2 780 12/16/2009 - 03:43 Português
Poesia/Dedicado Mensagem de Natal-Ano Novo aos Poetas (2009) 3 1.330 12/25/2009 - 12:44 Português
Poesia/Dedicado Telas e cenas de vida (tributo aos pintores) 2 702 01/25/2010 - 02:53 Português
Poesia/Meditação A mulher e o atleta 2 1.311 01/29/2010 - 04:04 Português
Poesia/Aforismo Fases 1 1.961 01/29/2010 - 16:47 Português
Poesia/Meditação A vida foge... 1 1.511 02/01/2010 - 03:02 Português
Poesia/Meditação Uno 1 1.044 02/04/2010 - 17:20 Português
Poesia/Dedicado Violeiro: vida breve... 1 1.539 02/08/2010 - 01:48 Português
Poesia/Aforismo Sombras 3 1.207 02/12/2010 - 04:53 Português
Poesia/Amor Fica... 1 922 02/15/2010 - 03:28 Português
Poesia/Intervenção Porquê? 1 919 02/17/2010 - 21:21 Português
Poesia/Meditação Entes 2 1.447 03/04/2010 - 01:11 Português
Poesia/Meditação Espelho d´água 2 1.338 03/04/2010 - 01:17 Português
Poesia/Meditação Pobreza 1 1.672 03/07/2010 - 16:07 Português
Poesia/Amor Versos Eternos 2 1.720 03/09/2010 - 16:15 Português
Poesia/Acrósticos Espírito das Mulheres (Tributo ao Dia Internac. Mulheres) 2 1.958 03/11/2010 - 05:56 Português
Poesia/Dedicado Vida de Camelô 3 1.218 03/15/2010 - 00:07 Português
Poesia/Meditação Versos escorrem como a seiva vital 1 1.685 04/09/2010 - 17:58 Português
Poesia/Aforismo Rio: cidade sitiada (retrato do descaso) 3 1.080 04/12/2010 - 15:14 Português
Poesia/Meditação Morro do Bumba: atol da morte 1 1.241 04/12/2010 - 16:47 Português