CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Seu riso


Seu riso

 

 

Onde foi minha branquinha, ela é mulher pronta.
Ela disse que foi numa festa junina, menina!!!

Seu beijo está tão longe... Mas sua alma está
na minha.
Ela não brinca mais de casinha, é mulher feita
e perfeita.

Ela é tão bela, danada, risonha, como eu gosto
dela.
Não chora não viu, seu riso é tudo que esse poeta
precisa.

Diz menina pra quem diz que te quer que essa
potiguar é minha e que  é meu amor de primavera.

Meu anjo em aquarela, minha flor forte, do norte e
de cheiro  bom, minha doce e delirante espera.

 

 

 

 

 

 

 

 

http://poetadefranca.blogspot.com/
O NOVO POETA. (W.Marques).

Submited by

sábado, fevereiro 18, 2012 - 23:12

Poesia :

No votes yet

onovopoeta

imagem de onovopoeta
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 4 semanas
Membro desde: 04/19/2009
Conteúdos:
Pontos: 1469

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of onovopoeta

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos Santo do pau oco 0 783 11/03/2018 - 20:51 Português
Poesia/Geral Gemas acabrunhadas 0 544 10/19/2018 - 13:06 Português
Poesia/Geral Receio do remate 1 1.442 10/15/2018 - 15:47 Português
Poesia/Meditação Talvez um anjo 1 845 10/15/2018 - 15:46 Português
Poesia/Meditação Oscilação 1 1.462 10/15/2018 - 15:45 Português
Poesia/Geral Dito-cujo 2 830 10/15/2018 - 15:43 Português
Poesia/Geral Abstrato 2 1.223 03/15/2018 - 08:42 Português
Poesia/Amor Sobejar de paixão 2 496 03/15/2018 - 08:41 Português
Poesia/Geral Beiços de homens 1 561 02/27/2018 - 10:37 Português
Poesia/Meditação Morte e vida 1 1.356 02/27/2018 - 10:36 Português
Poesia/Amor Pétalas do amor 1 713 01/22/2018 - 13:58 Português
Poesia/Meditação 10 graças 1 788 05/29/2016 - 12:03 Português
Poesia/Geral Sinfônica saúde 0 715 04/22/2016 - 14:02 Português
Poesia/Geral Santas descabidas 0 808 02/21/2016 - 19:22 Português
Poesia/Amor Vinho triste 0 1.013 02/21/2016 - 19:20 Português
Poesia/Amor Lucidez abstrusa 0 1.512 12/24/2015 - 11:19 Português
Poesia/Geral Oportunista 0 785 11/07/2015 - 21:42 Português
Poesia/Geral Fluidos mínimos 0 874 09/23/2015 - 10:55 Português
Poesia/Geral Mortos odoríferos 0 1.197 07/21/2015 - 10:30 Português
Poesia/Amor Princesa do gueto (A morte da princesa). 0 1.170 06/13/2015 - 18:21 Português
Poesia/Meditação Dias encafifados 0 1.087 04/29/2015 - 11:07 Português
Poesia/Amor Amor de seis rimas 0 1.211 03/27/2015 - 11:29 Português
Poesia/Geral Mortos do vaso 0 1.027 02/15/2015 - 12:26 Português
Poesia/Amor Memórias de girasol 0 890 01/15/2015 - 10:12 Português
Poesia/Fantasia Luzes dos lampiros 0 1.012 12/23/2014 - 13:55 Português