CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

SOBRE A GUERRA

Se vissem como sou velho
e como a dor já me cansa
ao olhar essa criança
com o corpo rebentado
na televisão desligada.
Se vissem como a luz escura
entristece toda a casa
luz de míssil desalmada
espalhando pelo ar
o veneno e a loucura
de quem nunca soube amar.
Se antes brilhassem no céu
estrelas de muitas cores
toda a alegria da terra
e quem a soube encontrar
em vez desse vomitado
de bombas em Telaviv
em Cabul ou em Bagdad.
Se os gritos das sirenes
fossem os do carrocel
numa festa suburbana
às vezes aqui ao lado
pensaria que sou novo
e em mais um fim de semana.

antonio tropa

Submited by

quinta-feira, setembro 26, 2013 - 20:36

Poesia :

No votes yet

Antonio Tropa

imagem de Antonio Tropa
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 7 anos 29 semanas
Membro desde: 09/03/2013
Conteúdos:
Pontos: 126

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Antonio Tropa

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos AO MENOS A FINGIR 0 1.021 09/26/2013 - 20:27 Português
Poesia/Pensamentos AINDA NA CASA A LAREIRA ACESA 0 1.147 09/26/2013 - 20:31 Português
Poesia/Tristeza SOBRE A GUERRA 0 1.169 09/26/2013 - 20:36 Português