CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Sorriso no canto da boca - O que o meu pai chamaria de "poema autodestrutivo" II

As minhas piadas são para mim mesmo rir,
Não as faço almejando a sua total aprovação
Mas sim sua fenomenal falta de educação:
Ante a balbúrdia a minha vontade é sorrir...

Assistindo tudo de pior a um inferno ir
Alheio a do egocentrismo esta confusão
Não há muitas que me causem maior satisfação
Que mais do que podias dizer poder te ouvir.

E se conclusões tiras quanto ao que aqui eu digo,
Se tu já não abdicas de ser um meu amigo,
Para dizer o mínimo, não me conheces:

Não ouse tentar me alcançar pelo o que eu vinher
A fazer mas cuida pelo o que eu não disser,
Pelo fato de eu nunca fazer única prece...
28 de maio de 2012  -  23h 08min

Submited by

terça-feira, maio 29, 2012 - 21:17

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Adolfo

imagem de Adolfo
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 semanas 3 dias
Membro desde: 05/12/2011
Conteúdos:
Pontos: 3573

Comentários

imagem de Jokalink

Muito bom

Olá Adolfo.

Na verdade só nos damos a conhecer, aquilo que queremos que se saiba e nada mais.

Gostei muito deste seu poema.

Abraço.
J.S.

imagem de Adolfo

Muito bem dito, caro

Muito bem dito, caro Jorge.

Até mais!

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Adolfo

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Soneto Bom dia! V 0 933 12/08/2011 - 21:02 Português
Poesia/Soneto À luz de minhas manhãs 0 548 12/06/2011 - 00:31 Português
Poesia/Amor Do tipo que te ama! 0 663 12/03/2011 - 16:42 Português
Poesia/Soneto Ao meu amor que teve de se calar para mim... 0 591 12/03/2011 - 16:36 Português
Poesia/Amor Teu companheiro 0 677 12/03/2011 - 00:43 Português
Poesia/Soneto Da minha vida és a felicidade 0 810 12/02/2011 - 10:36 Português
Poesia/Soneto Tentativa de escrever poesia ultraromântica - Vida de cão, vida do cão: versos antiromânticos 0 738 12/02/2011 - 10:27 Português
Poesia/Amor Calar de flores 2 1.464 11/19/2011 - 18:32 Português
Videos/Música Ruídos que eu escuto enquanto eu escrevo II 0 1.259 11/19/2011 - 15:36 Português
Poesia/Soneto À mãe minha que eu tanto amo... 2 537 11/19/2011 - 04:53 Português
Poesia/Soneto Numa rua escura 0 966 11/19/2011 - 04:44 Português
Poesia/Soneto While the stars shines I'll Love you... (Enquanto as estrelas brilharem eu te amarei...) 1 581 11/18/2011 - 14:34 Português
Poesia/Soneto Tributo a Augusto dos Anjos XVIII — Obssessiva 0 1.308 11/15/2011 - 20:50 Português
Poesia/Soneto Explicações que eu não deveria te dar 0 892 11/14/2011 - 14:56 Português
Poesia/Soneto Capim 0 881 11/14/2011 - 00:05 Português
Poesia/Geral Poema feito de indifrença 0 1.269 11/13/2011 - 22:48 Português
Poesia/Dedicado Redondilhas de Sol e Chuva 0 704 11/13/2011 - 21:43 Português
Poesia/Meditação Pais 0 893 11/03/2011 - 00:56 Português
Poesia/Soneto Uma razão dentre todas as outras para te amar: para sempre te amar 2 1.068 11/03/2011 - 00:14 Português
Poesia/Amor Nosso amor 1 705 11/02/2011 - 19:17 Português
Poesia/Soneto O Carvalho 3 904 11/02/2011 - 02:26 Português
Poesia/Soneto Índios 1 1.120 10/29/2011 - 16:41 Português
Poesia/Soneto Discussão e Reconciliação 0 827 10/29/2011 - 16:34 Português
Poesia/Soneto Índios II 0 1.131 10/27/2011 - 01:00 Português
Poesia/Soneto Tributo a Augusto dos Anjos XVII - Sobre Augusto II 0 886 10/22/2011 - 03:01 Português