CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Terapia

Na aurora do dia
Caminho pela floresta,
Sinto o perfume das flores,
Contemplo a natureza em festa.

Escuto o canto afinado da passarada,
Chego à beira do riacho,
Um sol leve acaricia meu rosto,
Deito-me livremente na relva e relaxo.

Não penso em nada,
Fixo os olhos no horizonte,
As nuvens formam imagens
Que se escondem atrás dos montes.

Levo horas a repousar o corpo sereno
Totalmente liberto das mazelas da cidade,
Um sono sutil ameaça adormecer-me
Para que eu possa sonhar uma fictícia realidade.

O cheiro do mato invade meu olfato,
Cerro os olhos e imagino-me feliz,
As horas transcorrem lentas e preguiçosas
E vivo ébrio um momento que eu sempre quis.

Sozinho entre a solidão das árvores,
Avalio meu perfil de ser social,
Se pudesse tudo abandonaria
Para habitar solene o ambiente natural.

De repente percebo o adiantar das horas,
Dispo-me e mergulho em águas refrescantes,
Meu corpo renova-se ao sabor do ambiente,
Aproveitando a magnitude deste instante.

Retorno renovado da excelsa terapia,
Exercício que restaura eloquentemente,
Convivo sem distúrbios nos meus afazeres diários
E anseio pelo despertar de um novo dia!

Submited by

sábado, janeiro 23, 2010 - 15:39

Poesia :

No votes yet

imelo

imagem de imelo
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 11 horas 34 minutos
Membro desde: 09/09/2009
Conteúdos:
Pontos: 1175

Comentários

imagem de FlaviaAssaife

Re: Terapia

Imelo,

Um belíssimo trablho.

Gostei imensamente de ler.

Abraços

imagem de MarneDulinski

Re: Terapia

BELÍSSIMO POEMA, GOSTEI MUITO!
Meus parabéns,
Marne

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of imelo

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Gótico SOCIOPATIA 0 9 04/06/2020 - 04:55 Português
Poesia/Geral ÚLTIMOS SUSPIROS 0 8 04/05/2020 - 19:20 Português
Poesia/Geral ALMA DESNUDA 0 26 03/31/2020 - 23:56 Português
Poesia/Geral SUBJETIVISMO 0 23 03/31/2020 - 00:57 Português
Poesia/Soneto CIÚME 0 31 03/30/2020 - 03:28 Português
Poesia/Geral O PENSAMENTO 0 32 03/27/2020 - 00:10 Português
Poesia/Geral VETORIAIS 0 57 03/25/2020 - 05:00 Português
Poesia/Soneto VIÇO 0 51 03/24/2020 - 05:13 Português
Poesia/Soneto DIA FESTIVO 0 55 03/24/2020 - 02:51 Português
Poesia/Soneto BILATERAL 0 29 03/23/2020 - 04:17 Português
Poesia/Soneto SINTOMAS 0 56 03/21/2020 - 22:26 Português
Poesia/Soneto VESTÍGIOS 0 34 03/21/2020 - 21:51 Português
Poesia/Soneto PRINCÍPIOS 0 48 03/21/2020 - 02:29 Português
Poesia/Soneto INSTANTES ÚLTIMOS 0 35 03/20/2020 - 02:58 Português
Poesia/Geral DÚVIDAS 0 51 03/17/2020 - 03:26 Português
Poesia/Geral VÍRUS 0 68 03/14/2020 - 02:17 Português
Poesia/Soneto VEREDAS ÍNTIMAS 0 39 03/12/2020 - 02:46 Português
Poesia/Soneto MUNDO CÃO 0 107 03/11/2020 - 05:18 Português
Poesia/Amor SONATA DE AMOR 0 39 03/09/2020 - 01:56 Português
Poesia/Soneto O MUNDO 0 36 03/09/2020 - 00:02 Português
Poesia/Geral AUTOCÍDIO 0 107 03/08/2020 - 18:43 Português
Poesia/Soneto SAUDOSISMO 0 50 03/07/2020 - 04:02 Português
Poesia/Soneto MAR DE TERRA 0 61 03/06/2020 - 03:42 Português
Poesia/Soneto JUÍZO 0 92 03/01/2020 - 03:47 Português
Poesia/Geral INEXORÁVEIS 0 87 02/29/2020 - 01:40 Português