CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Tesoureiros da luz,

Tesoureiros da luz,

Tenho alma de cão pastor cego,
Sinto nas galáxias o que não vejo
Cá baixo, caminho na certeza de
Voltar nunca o mesmo que fui,

Faz tempo, o futuro foi lá trás,
Sigo meus pés descalços, a alma
As estrelas e o espaço, tanto faz,
Formiga d'asa, onde possa voar,

Embarcar para as estrelas que sigo,
Pastor perseguindo velas, cego,
Queimando os dedos noutros
Universos loucos, menos paralelos,

Assim como um tesoureiro da luz,
Caminhando no breu pelos pontos
Que brilham, sinto pelo som os astros,
Pouso nos cotovelos os ombros,

Nas estepes o desafio, a orgia da luz
Aí percebo quanto sou frágil, caniço
Da luz que sai pela voz e apenas,
Se é chama, é orgânica na lucidez,

Ela nos diz se a podemos desfiar
Ou não fiar, dependendo do ouro,
Da densidade frágil do fio, da voz o ar
E do modo como sai da boca, o cosmos

Da confiança e no tear próximo,
O pouso e os cabelos de Berenice...
Da janela os reconheço, cada transeunte
Pelo brilho que apresenta e usa,

Como que se germinassem espelhos
Na calçada, reflectidos na minha
Face a pontos ouro de luz, fina Ursa Menor
Ou grossa, difusa ou orgia em chama,

Tenha ou não eu alma de pastor cego
Certo é ter de rinoceronte ego, escaravelho
Sinto nas galáxias o que não vejo, pego
O facho e caminho para um Sol poente vizinho,

O meu travesseiro de luz.

Jorge Santos 04/2019
http://namastibetpoems.blogspot.com

Submited by

quinta-feira, maio 9, 2019 - 10:14

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Joel

imagem de Joel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 semana 3 dias
Membro desde: 12/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 40693

Comentários

imagem de Joel

valorizemos quem escreve e

valorizemos quem escreve e sente e não banalidades sem sentido (como tanto e tantos nesta net) viva a escrita poética ...

imagem de Joel

valorizemos quem escreve e

valorizemos quem escreve e sente e não banalidades sem sentido (como tanto e tantos nesta net) viva a escrita poética ...

imagem de Joel

valorizemos quem escreve e

valorizemos quem escreve e sente e não banalidades sem sentido (como tanto e tantos nesta net) viva a escrita poética ...

imagem de Joel

valorizemos quem escreve e

valorizemos quem escreve e sente e não banalidades sem sentido (como tanto e tantos nesta net) viva a escrita poética ...

imagem de Joel

valorizemos quem escreve e

valorizemos quem escreve e sente e não banalidades sem sentido (como tanto e tantos nesta net) viva a escrita poética ...

imagem de Joel

valorizemos quem escreve e

valorizemos quem escreve e sente e não banalidades sem sentido (como tanto e tantos nesta net) viva a escrita poética ...

imagem de Joel

valorizemos quem escreve e

valorizemos quem escreve e sente e não banalidades sem sentido (como tanto e tantos nesta net) viva a escrita poética ...

imagem de Joel

valorizemos quem escreve e

valorizemos quem escreve e sente e não banalidades sem sentido (como tanto e tantos nesta net) viva a escrita poética ...

imagem de Joel

valorizemos quem escreve e

valorizemos quem escreve e sente e não banalidades sem sentido (como tanto e tantos nesta net) viva a escrita poética ...

imagem de Joel

valorizemos quem escreve e

valorizemos quem escreve e sente e não banalidades sem sentido (como tanto e tantos nesta net) viva a escrita poética ...

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Joel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Geral Absurdo e Sem-Fim… 0 568 01/08/2020 - 11:17 Português
Ministério da Poesia/Geral Sonho sem fim, nem fundo ... 0 291 01/08/2020 - 11:01 Português
Poesia/Geral Da significação aos sonhos ... 0 266 01/08/2020 - 10:54 Português
Poesia/Geral Deus Ex-Machina, “Anima Vili” ... 0 341 01/08/2020 - 10:44 Português
Poesia/Geral Feliz como poucos … 0 290 01/08/2020 - 10:32 Português
Ministério da Poesia/Geral As estrelas, os Estrôncios e os Sonhos. 39 1.336 11/28/2019 - 12:37 Português
Ministério da Poesia/Geral Dreaming Of A Better World 122 770 11/10/2019 - 19:37 Português
Poesia/Geral Escrevo o que ninguém escuta ... 108 944 10/22/2019 - 15:40 Português
Poesia/Geral Supondo-me desperto 85 1.345 10/22/2019 - 15:39 Português
Ministério da Poesia/Geral Venho de uma pequena ciência, 148 747 10/22/2019 - 15:38 Português
Ministério da Poesia/Geral Indigno eu, 92 828 10/22/2019 - 15:37 Português
Ministério da Poesia/Geral Aconteço "por-acontecer" 87 432 10/22/2019 - 15:35 Português
Ministério da Poesia/Geral Hino ao amanhã 99 612 10/22/2019 - 15:34 Português
Ministério da Poesia/Geral Ânsias ...lais de guia... 92 627 10/22/2019 - 15:33 Português
Ministério da Poesia/Geral Doce manifesto da vida 50 355 10/22/2019 - 15:32 Português
Ministério da Poesia/Geral Pra'lém do sonhar comum ... 80 574 10/22/2019 - 15:03 Português
Poesia/Geral Ranho e linho... 79 692 10/22/2019 - 15:01 Português
Ministério da Poesia/Geral Sonhar é cabelo, 58 491 10/22/2019 - 15:00 Português
Ministério da Poesia/Geral Tudo em mim 40 401 10/19/2019 - 00:52 Português
Ministério da Poesia/Geral É hoje o dia… 301 1.368 07/12/2019 - 12:47 Português
Ministério da Poesia/Geral Sendo eu outro 77 1.633 06/10/2019 - 18:56 Português
Ministério da Poesia/Geral Meu cabelo é água e pêlo, sonho é sentir vê-lo… 37 1.232 06/10/2019 - 18:03 Português
Ministério da Poesia/Geral Sou feliz porque não escrevo… 49 1.092 06/10/2019 - 15:28 Português
Poesia/Geral O triunfo dos relógios ... 167 25.705 06/07/2019 - 20:02 Português
Ministério da Poesia/Geral O meu préstimo… 250 1.294 06/07/2019 - 19:59 Português