CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Tristesse:

Como beijo silencioso
Em minúsculos cristais convertida
Rola uma lágrima pela face
Hirta, rígida, feita estátua de sal.

Disfarçamos o amor
Em vestes nunca dantes lavadas
Vagueamos de mãos dadas mas sós
pelas avenidas sombrias e tristes
Como loucos saudosos do passado.

Agora já não choro; na face
a lágrima é pedra dura e informe
e essa louca sonhadora sou eu
Solitária, ouvindo sozinha entre as sombras
O murmúrio lento e doloroso dos meus versos.

Submited by

segunda-feira, dezembro 28, 2009 - 23:43

Poesia :

No votes yet

menamanso

imagem de menamanso
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 9 anos 28 semanas
Membro desde: 12/26/2009
Conteúdos:
Pontos: 36

Comentários

imagem de RobertoEstevesdaFonseca

Re: Tristesse:

Parabéns pelo belo poema.

Um abraço,
REF

imagem de MarneDulinski

Re: Tristesse:

Lindo, meus parabéns!

DESEJOS MEUS, DE UM MARAVILHOSO ANO NOVO DE 2010, COM TUDO DE BOM, SAÚDE, FARTURA, LUZ, VIDA E MUITO AMOR!
Marne

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of menamanso

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral Fumo 3 152 12/31/2009 - 13:33 Português
Poesia/Geral chora poeta 2 174 12/31/2009 - 07:22 Português
Poesia/Geral A um Deus conhecido 3 137 12/31/2009 - 02:04 Português
Poesia/Canção Tristesse: 2 146 12/29/2009 - 03:52 Português
Poesia/Geral Um dia, um poeta 2 126 12/28/2009 - 01:04 Português
Poesia/Amor Tabaco Frio 3 178 12/27/2009 - 23:04 Português
Poesia/Amor À flor da pele 3 198 12/27/2009 - 03:06 Português