CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Uma grande ilusão?

Enquanto não se descortina o universo
Passo o tempo esforçando-me a pensar
Leio livro, jogo cartas e faço um verso
Cruzo palavras ou ponho-me a navegar.

Sei que não adianta ter muitas opiniões
Gênios que acham se perdem por achar
Tanto foi descrito retocado em versões
Ainda precisam bem mais para teorizar.

Será o universo uma tremenda ilusão
só existe porque estamos observando
Iludidos na beleza imensa de admirar?

Como holograma a partícula é reclusão
Não estando onde estamos procurando
Como posso saber se sou eu a pensar?

Submited by

sexta-feira, dezembro 14, 2012 - 18:59

Poesia :

No votes yet

mase albuquerque

imagem de mase albuquerque
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 11 semanas 11 horas
Membro desde: 11/22/2012
Conteúdos:
Pontos: 546

Comentários

imagem de Charles Antônio Marques Pereira

E vero!

O colega Adolfo tem toda razâo.

Já dizia outro grande poeta:

"Há mais coisas entre o ceu e a terra do que supõe a nossa vã filosofia"

Se a ciencia não pode explicar o universo ainda bem que existe a poesia.

imagem de Adolfo

"Não estando onde estamos

"Não estando onde estamos procurando
Como posso saber se sou eu a pensar?"
Física teórica dando nó no juízo das gentes é bom de mais! (riso)
.
.
.
Os gênios que acham não são gênios: nunca sabem de nada, se dão por satisfeitos; muito menos acham algo...
Quanto ao universo uma ideia que eu sempre carreguei comigo desde quando parei para pensar sobre, há muito tempo atrás, é a de que ele é tão (in)finito quanto nós pudermos o observar....

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of mase albuquerque

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Soneto Escrevendo Elado! 0 462 12/11/2012 - 23:33 Português
Poesia/Soneto Girogirando... ( termo dos livros de Alice) 1 377 12/11/2012 - 19:37 Português
Poesia/Meditação Luz, por que lumes? 0 414 12/09/2012 - 18:43 Português
Poesia/Geral Estou na contramão! (quadras) 1 325 12/09/2012 - 17:15 Português
Poesia/Canção Mel de Mim ( letra de música) 0 357 12/05/2012 - 23:33 Português
Poesia/Geral Os absurdistas 0 414 12/05/2012 - 21:00 Português
Poesia/Meditação Visualização 0 327 12/04/2012 - 21:22 Português
Poesia/Soneto Cadeira de balanço 0 536 12/02/2012 - 23:35 Português
Poesia/Arquivo de textos Alienada mente 0 286 12/01/2012 - 23:09 Português
Poesia/Arquivo de textos Quisera! 0 268 12/01/2012 - 23:00 Português
Poesia/Geral Poemas sem problemas... 1 377 12/01/2012 - 21:19 Português
Poesia/Geral Enquanto crio o mundo... 1 466 12/01/2012 - 17:22 Português
Poesia/Meditação Simplesmente agora! 0 366 11/30/2012 - 18:20 Português
Poesia/Geral Porque também sou astro! 1 670 11/29/2012 - 20:50 Português
Poesia/Amizade Lilly, Sissy e eu... 0 655 11/29/2012 - 18:30 Português
Poesia/Soneto Universo, quem te cria? 3 352 11/29/2012 - 17:00 Português
Poesia/Soneto O que venho a ser 0 426 11/28/2012 - 16:29 Português
Prosas/Outros A torre do bosquímano 0 422 11/28/2012 - 16:05 Português
Poesia/Gótico Se rezar...melhor não ler 3 356 11/27/2012 - 17:23 Português
Poesia/Geral Astronautas? Socorrrrrrrrrrrro! 0 362 11/27/2012 - 16:58 Português
Poesia/Fantasia Relojoeiro Poeta 1 337 11/26/2012 - 23:30 Português
Poesia/Paixão Sede de Cachoeiras 1 650 11/26/2012 - 23:07 Português
Prosas/Contos Maria, Malú, borboleta 0 259 11/26/2012 - 18:44 Português
Poesia/Fantasia Poeticamente Modificado 1 332 11/26/2012 - 17:59 Português
Poesia/Soneto Nessa rua tem um bosque... 1 472 11/26/2012 - 00:53 Português