CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

[Vazios]

[Vazios]

O que é uma cidade?
Seus prédios, suas ruas?
O ar melancólico que o inverno trás,
Fazendo o sol tocar a escuridão em dias de inverno?
As pessoas, que esbarram entre si
Sem saber nome ou guardar rostos?
O ar pesado...
Da dos passos apresados.
As janelas fechadas
As luzes acessas,
Mostrando a solidão coletiva.
O que é a cidade,
Vista de cima, de perto...
Seus detalhes, que ninguém se importa.
Um amontoado de emoções
Misturados ao concreto nú...
Frio, que busca nos corpos
Novas formas de vida.
Um cigarro acesso,
Garrafas pela metade
Tentando preencher lacunas.
Loucuras estampadas em outdoor
Alucinação, felicidade coletiva.
Vazios, que se fazem presente.
5 vivos / 2 mortos
Rotina que cega lentamente.
Sucumbi ao relógio...
As memorias...
Corroendo o concreto.
Aos anos, que ninguém percebe.
Neon, que parece veias irrigando caminhos.
Mostrando a cidade
Pra quem não sabe, que faz parte.
Que continua a se perguntar,
De que lado da rua, é o seu lugar?

Pablo Danielli

Submited by

quarta-feira, abril 3, 2019 - 20:00

Poesia :

No votes yet

Pablo Gabriel

imagem de Pablo Gabriel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 27 semanas
Membro desde: 05/02/2011
Conteúdos:
Pontos: 2944

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Pablo Gabriel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral Tudo que se tem 1 1.439 05/05/2011 - 15:32 Português
Poesia/Geral Passos vazios 1 858 05/05/2011 - 15:36 Português
Poesia/Geral tempo que passa 1 1.716 05/05/2011 - 15:39 Português
Poesia/Geral O pescado e o mar 1 1.140 05/05/2011 - 15:42 Português
Poesia/Geral Velhas portas 1 1.023 05/05/2011 - 15:53 Português
Poesia/Geral Vitima da vida 1 1.100 05/05/2011 - 15:56 Português
Poesia/Geral Mulheres da vida 1 1.814 05/05/2011 - 16:04 Português
Poesia/Geral Sem rumo, sem sorte 1 906 05/05/2011 - 16:08 Português
Poesia/Geral O tempo, as horas 1 1.153 05/05/2011 - 16:32 Português
Poesia/Geral O preço das coisas 1 1.157 05/05/2011 - 16:37 Português
Poesia/Geral Quem é você 1 1.730 05/05/2011 - 16:40 Português
Poesia/Geral Impostos 1 1.665 05/05/2011 - 16:44 Português
Poesia/Geral Circo ou vida real 1 848 05/05/2011 - 16:47 Português
Poesia/Geral Sem Lugar 1 783 05/05/2011 - 16:56 Português
Poesia/Geral Do Sonhador 1 1.050 05/05/2011 - 16:59 Português
Poesia/Amor Vermelho 1 928 05/05/2011 - 19:33 Português
Poesia/Geral Mudanças 1 1.412 05/05/2011 - 19:37 Português
Poesia/Geral Fim do Dia 1 1.005 05/05/2011 - 19:39 Português
Poesia/Geral Ar 1 1.699 05/05/2011 - 19:42 Português
Poesia/Geral Ao Certo 1 1.314 05/05/2011 - 19:46 Português
Poesia/Geral Pés queimados 1 1.157 05/05/2011 - 19:49 Português
Poesia/Geral Pedaços Sagrados 1 894 05/05/2011 - 20:02 Português
Poesia/Geral Culpados 1 1.219 05/08/2011 - 20:11 Português
Poesia/Geral Sobre a flor 1 1.102 05/08/2011 - 20:18 Português
Poesia/Geral Amores tardios 1 1.537 05/08/2011 - 20:21 Português