CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

VERSOS PARA PENSAR

VERSOS PARA PENSAR Fortalece-me o pensar-me positivamente. Quando só não me devo isolar de meu eu mais provável ante a desordem emocional. É como se me escondesse de um facto Consumado. O espelho é uma farsa que me tenta pela fraqueza de um momento. Tudo corre ao sabor dos ponteiros intemporais, e o relógio castra-me as Opções mais imediatas. (Quantas vezes não sabemos se irmos para a direita se para a esquerda?) O tempo só tem tempo para ser ele mesmo, nós corremos Por fora, por entre aparas e frestas, que Sabem mais de nós, quanto mais tentamos enganá-lo, ignorando-o até ele nos ignorar. Impossível, só a morte apaga os segundos Um “momento” é o ir deste para aquele lugar, sem grandes sequelas na carne e na mente. Já passou. Quem se apercebeu encontra-se agora entre o mar e o campo. O pensamento é como água para a sede. Mas não nos devemos agarrar só a ele como se só ele fosse falar-nos verdades incontestáveis. A mentira sabe ser bajuladora. Saber rir de nós mesmos, calarmos Perante os ansiosos e os parvos de plantão é o que nos garante sanidade e estabilidade para quando falarmos sermos levados a sério. Jorge Humberto 18/01/20 Santa-Iria-da-Azóia

Submited by

domingo, janeiro 19, 2020 - 12:28

Poesia :

No votes yet

Jorge Humberto

imagem de Jorge Humberto
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 semanas 23 horas
Membro desde: 01/15/2012
Conteúdos:
Pontos: 1814

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Jorge Humberto

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Alegria A VELHA E SÁBIA ÁRVORE 0 381 02/03/2012 - 12:21 Português
Poesia/Amor Antes Do Corpo Cansado... 0 424 02/03/2012 - 12:49 Português
Poesia/Geral Distúrbios 0 459 02/04/2012 - 11:56 Português
Poesia/Tristeza Quem era aquele no chão 0 232 02/04/2012 - 11:59 Português
Poesia/Desilusão Nada muda!!! 0 651 02/04/2012 - 12:02 Português
Poesia/Geral DE LUTAR FICOU-ME A LIBERDADE 0 305 02/05/2012 - 14:02 Português
Poesia/Meditação EIS O TEU DIA 2 850 02/06/2012 - 12:22 Português
Poesia/Fantasia DE ALGODÃO É A REALIDADE 2 235 02/06/2012 - 12:26 Português
Poesia/Amizade A VEZ DA ROSA 0 483 02/06/2012 - 12:44 Português
Poesia/Meditação ÁGUAS 0 303 02/06/2012 - 12:52 Português
Poesia/Geral ANJO OU DEMÓNIO 0 337 02/07/2012 - 12:14 Português
Poesia/Dedicado AO ACORDAR 0 537 02/07/2012 - 12:19 Português
Poesia/Tristeza ASSASSINADO 0 324 02/07/2012 - 12:29 Português
Poesia/Alegria A MÚSICA DA POESIA 6 333 02/08/2012 - 14:04 Português
Poesia/Canção CARROSSEL 0 344 02/08/2012 - 14:45 Português
Poesia/Meditação EM SILÊNCIO ESCUTEI-ME 0 606 02/08/2012 - 15:29 Português
Poesia/Geral DESASSOSSEGO 2 501 02/09/2012 - 12:05 Português
Poesia/Geral OLHOS PROCURAM OLHOS 0 380 02/11/2012 - 11:53 Português
Poesia/Geral IMPOSSÍVEL DESEJO 0 355 02/11/2012 - 11:57 Português
Poesia/Geral HÁ GRITOS 2 681 02/12/2012 - 11:40 Português
Poesia/Intervenção RUANDA NUNCA MAIS 9 719 02/14/2012 - 10:24 Português
Poesia/Erótico MINHAS MÃOS 2 586 02/14/2012 - 10:27 Português
Poesia/Meditação COMO 4 380 02/14/2012 - 10:31 Português
Poesia/Pensamentos AVAREZA 0 349 02/15/2012 - 15:30 Português
Poesia/Intervenção A UM POVO QUE SOUBE DIZER BASTA 6 358 02/16/2012 - 11:52 Português