CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Voz longínqua

- Voz longínqua -

Uma voz longínqua
trazia os sons da terra inóspita
flautas, címbalos e liras
faziam as borboletas bailarem

O céu azul celeste
embriagava a montanha de neve
anjos alados voavam contra o vento

Grandes guerreiros estavam aprisionados
esperando o grande momento
muitas dores, angústias e lamentos

Novas batalhas prestes a desencadear
abrindo os cadeados da alma
trombetas tocavam espantando a calma

Os caminhos virão para trilhar
a lua e as estrelas irão iluminar
estaremos prontos para guerrear

Amarguras saírão dos corações
serão breves as tristezas
presentes descerão dos céus
ouro, prata e bronze

Muito longe onde o sol se esconde
aguardam os grandes guerreiros
suas armaduras e espadas prontas esperam

A voz longínqua entoa cânticos
declama poemas, sobem aos céus

Acima das estrelas um grande exército
comandado pelo Criador
Ele é o dono das nossas dores
luta conosco nessa peleja
termina com nossos sofrimentos
espanta todas as tristezas.

Submited by

quarta-feira, maio 19, 2021 - 13:53

Poesia :

No votes yet

fabio ferreira do amaral

imagem de fabio ferreira do amaral
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 semana 1 dia
Membro desde: 05/07/2013
Conteúdos:
Pontos: 1948

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of fabio ferreira do amaral

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral Vou mesmo assim 0 1.029 04/12/2015 - 15:53 Português
Poesia/Fantasia Na minha cidade 0 595 03/29/2015 - 17:37 Português
Poesia/Amor Moleque Perdido 0 655 03/27/2015 - 22:34 Português
Poesia/Amor Nossa Estrada 0 665 02/22/2015 - 17:12 Português
Poesia/Amor Se for Estrela 0 550 02/02/2015 - 20:45 Português
Poesia/Geral Palavras Escritas 0 571 01/31/2015 - 22:16 Português
Poesia/Meditação O Passado 1 985 01/13/2015 - 21:32 Português
Poesia/Meditação O Choro 0 1.200 01/12/2015 - 19:08 Português
Poesia/Meditação Máquinas do Tempo 0 1.128 09/20/2014 - 17:07 Português
Poesia/Meditação Flores da Existência 0 1.035 09/14/2014 - 17:56 Português
Poesia/Geral Tonico Morre...! 0 753 09/13/2014 - 21:12 Português
Poesia/Geral Tonico 0 766 09/12/2014 - 16:50 Português
Poesia/Comédia Lixo no Lixo 1 902 06/13/2014 - 20:37 Português
Poesia/Meditação Bilhões de Mundos 2 1.182 05/21/2014 - 19:48 Português
Poesia/Meditação O tempo passa... 2 802 02/18/2014 - 01:43 Português
Poesia/Meditação Das Estrelas 0 1.450 01/08/2014 - 13:22 Português
Poesia/Amor És o Amor 0 845 01/03/2014 - 20:50 Português
Poesia/Desilusão Cercado por Açúcar 0 785 12/18/2013 - 11:34 Português
Poesia/Geral Alguns Tempos 0 1.054 11/19/2013 - 10:14 Português
Poesia/Intervenção Sozinhos 0 594 10/12/2013 - 18:23 Português
Poesia/Geral Sonho Real 0 675 10/02/2013 - 15:21 Português
Poesia/Geral Absurdo 0 1.012 09/30/2013 - 15:20 Português
Poesia/Desilusão Mãos Atadas 0 1.524 09/27/2013 - 23:39 Português
Poesia/Fantasia Folha de Papel 0 1.171 09/26/2013 - 01:05 Português
Poesia/Amor Me Desculpe 0 1.588 09/26/2013 - 00:50 Português