CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

LA MAGIA DE LA MIRADA

Mientras, en el mar, tú lavas las manos fáciles de rima,
Hay alguien que hace daño a tus ojos con una sola mirada.
Hay mucha calma en el viento de la tarde, pero no te anima,
Porque es vacío y desierto  los pensamientos de la amada.

Hay ojos que te penetran en la dermis y te huracan tu alma.
Ojos rasantes a la piel, derramados en las espumas, en la vuelta
de las olas, que traen besos mojados y piden calma
y colirio a los ojos, en la paz que trae el blanco de la gaviota.

Hay una magia que controla, que rige, que todo conduce.
Es, con certeza, la energía presente de seres elementales.
Átomos de universo, fracciones de vida, salpicaduras de luz,
vivos en el asado, el agua, la arena, los ruidos astrales.

J. Thamiel
Guarulhos, 06.06.18
11:33h

https://www.agbook.com.br/search?utf8=%E2%9C%93&what=J.+Thamiel&sort=&commit=BUSCA

Submited by

quarta-feira, junho 6, 2018 - 15:34

Poesia :

No votes yet

J. Thamiel

imagem de J. Thamiel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 horas 22 minutos
Membro desde: 05/02/2016
Conteúdos:
Pontos: 3002

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of J. Thamiel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Fotos/Arte Digital Troam Trovas Triviais 0 1.408 11/04/2016 - 17:14 Português
Poesia/Geral PORTAS 0 586 11/06/2016 - 21:09 Português
Poesia/Desilusão AH! SE EU TIVESSE VINTE... 0 1.011 11/08/2016 - 22:28 Português
Poesia/Dedicado RUA DA PACIÊNCIA 0 666 11/10/2016 - 22:56 Português
Poesia/Dedicado A PRAÇA NÃO ERA ASSIM - (Homenagem ao meu amigo poeta) 0 492 11/11/2016 - 12:16 Português
Poesia/Desilusão DESENCONTRO 0 654 11/14/2016 - 23:34 Português
Poesia/Dedicado EU VIM DE LÁ PEQUENININHO 0 1.046 11/16/2016 - 22:02 Português
Poesia/Desilusão A PORTA ABERTA 0 648 11/18/2016 - 12:50 Português
Poesia/Geral A MOSCA E A ABELHA 0 711 11/21/2016 - 14:04 Português
Poesia/Geral SENSAÇÕES 0 1.825 11/22/2016 - 12:00 Português
Poesia/Meditação EU SOU O PROBLEMA 0 398 11/23/2016 - 12:27 Português
Poesia/Geral POÉTICO, PATÉTICO 0 1.096 11/24/2016 - 11:34 Português
Poesia/Geral VAI-SE A PRIMEIRA POMBA DESPERTADA 1 865 11/25/2016 - 23:51 Português
Poesia/Meditação JAZ ! - (Ensaio de surrealismo parnasiano) 0 774 11/27/2016 - 19:42 Português
Poesia/Geral SEGUNDA-FEIRA 0 1.053 11/28/2016 - 11:25 Português
Poesia/Geral BOIA-FRIA 0 509 11/30/2016 - 11:01 Português
Poesia/Dedicado COMO FAZER POESIA 0 520 11/30/2016 - 22:40 Português
Poesia/Meditação TRISTEZA 0 621 12/01/2016 - 13:39 Português
Poesia/Geral ALMA 0 3.663 12/02/2016 - 11:00 Português
Prosas/Outros "belém" ou pra lá de "belém"? 0 710 12/02/2016 - 14:22 Português
Poesia/Alegria REVERÊNCIA 0 674 12/03/2016 - 15:45 Português
Poesia/Dedicado AO POVO DE CHAPECÓ 0 2.144 12/05/2016 - 14:26 Português
Poesia/Geral O homem que habita em mim 2 434 12/05/2016 - 21:21 Português
Prosas/Pensamentos O CAMINHO ATÉ BELÉM 0 273 12/07/2016 - 00:39 Português
Poesia/Amizade O MILAGRE É... 0 3.124 12/07/2016 - 00:51 Português