CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Priscilla

Da mão de Priscilla
Caía docemente um livro lido ,
Por entre os lençois de linho
Adivinhavam-se contornos
De searas ondulantes e dunas preguiçosas ,
"Boa noite" pensou ele
Enquanto acriciava o rosto dela ,
"Eu vou-te amar esta noite quente
E ainda vou ouvir cantar a cotovia na madrugada ,ainda dormente"
Pensou ; antes de adormecer.

No sonho ,ouviu-se
Uma canção ainda indiscrita ,
E uma rosa pousou
Fixamente nos cabelos de Priscilla ,
Dormia ,sonhava uma melodia incantata ,
Indizivel ,os labios semi/abertos com sons semi/descobertos ,
Um lençol cetim branco
Tranlúcido ,encantada ,
Encantava a cotovia,
No parapeito da janela entreaberta,
Num quarto algures , decerto semi-deserto ,
O amor floresceu sob o a romaneira,
Frente á janela ,lá em shang-ri-la.

Jorge Santos

Submited by

segunda-feira, dezembro 21, 2009 - 20:09

Ministério da Poesia :

No votes yet

Joel

imagem de Joel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 dias 2 horas
Membro desde: 12/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 40682

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Joel

Tópico Título Respostasícone de ordenação Views Last Post Língua
Poesia/Geral Quem 0 657 11/08/2013 - 11:07 Português
Poesia/Geral houve tempos 0 545 11/08/2013 - 11:05 Português
Poesia/Geral Sombras no nevoeiro 0 708 02/16/2013 - 22:59 Português
Poesia/Geral O que é emoção e o que não o é... 0 791 02/16/2013 - 23:01 Português
Poesia/Geral Quando eu morrer actor 0 411 02/16/2013 - 23:02 Português
Poesia/Geral Ainda hei-de partir por esse mundo fora montado na alma d'algum estivador 0 642 11/13/2013 - 13:21 Português
Poesia/Geral Venho assolado p'lo vento Sul 0 1.104 11/13/2013 - 13:22 Português
Poesia/Geral Como se fosse do céu... seu dono 0 1.008 11/13/2013 - 13:23 Português
Poesia/Geral E já nem certo estou do meu pensamento. 0 610 11/15/2013 - 16:49 Português
Poesia/Geral A casa dos sonhos 0 945 11/15/2013 - 16:50 Português
Poesia/Geral Sei que um demente não pode ser levado a sério... 0 1.446 11/15/2013 - 16:51 Português
Poesia/Geral Deus,que é feito de ti... 0 999 11/18/2013 - 11:03 Português
Poesia/Geral Pleno de sonhos 0 696 11/18/2013 - 11:04 Português
Poesia/Geral Lágrimas de Pedra... 0 1.283 11/18/2013 - 11:06 Português
Prosas/Outros Mad'In China... 0 1.368 11/18/2013 - 11:08 Português
Prosas/Outros O regressO 0 746 11/18/2013 - 11:09 Português
Poesia/Geral Não paro,não escolho e não leio... 0 387 11/19/2013 - 16:46 Português
Poesia/Geral Diáfana Profissão... 0 2.232 11/19/2013 - 16:47 Português
Poesia/Geral Às outras coisas que de mim conheço... 0 1.047 11/20/2013 - 16:46 Português
Poesia/Geral Daqui até ao fim é um pulo 0 790 11/20/2013 - 16:48 Português
Poesia/Geral Como um pensamento que te s'crevo... 0 1.171 11/22/2013 - 17:27 Português
Poesia/Geral Poeta acerca 0 1.638 01/14/2014 - 18:38 Português
Poesia/Geral Estátuas de cal-viva. 0 976 01/21/2014 - 17:52 Português
Poesia/Geral Noção de tudo ser menor que nada 0 925 01/23/2014 - 18:14 Português
Poesia/Geral Imprevisivel 0 981 01/24/2014 - 11:03 Português