A LÍNGUA TORTA

Ó, “jarditriste”, porque estás tão “neira”?
Mas, o que “ceu” que te “acontefoi”?
Foi alguém que entortou a própria  língua.
Ficando sem  falar pode morrer à mingua.

É muito fácil qualquer um falar mal do outro
principalmente na penumbra, na surdina
mas, de repente poderá ficar exposto
se tirarem da sua frente a cortina.

Ó, jardineira, por mim não fique triste.
Quem falou, pra mim morreu, não mais existe.
O jarro já caiu, ainda bem, se escafedeu.
E o poeta nem ligou, e daí nada sofreu.

Não fique triste, a poesia nunca morre.
Para o poeta, sempre chega quem socorre.
Quanto a língua é melhor torta assim.
Nunca mais vai falar nada de mim.

jthamiel
10.08.16
07:36h

Submited by

Miércoles, Agosto 10, 2016 - 12:14

Poesia :

Sin votos aún

J. Thamiel

Imagen de J. Thamiel
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 4 días 2 horas
Integró: 05/02/2016
Posts:
Points: 3557

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of J. Thamiel

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Poesia/General NÃO SEI O QUE ESCREVER 0 1.007 09/16/2016 - 18:27 Portuguese
Poesia/Amor O TEU PERDÃO 0 1.228 09/15/2016 - 18:50 Portuguese
Poesia/General O POETA PERDIDO 0 687 09/15/2016 - 12:20 Portuguese
Poesia/Meditación CRER OU NÃO CRER 0 428 09/14/2016 - 22:23 Portuguese
Poesia/Meditación BELIEVE OR NOT BELIEVE? 0 1.004 09/14/2016 - 17:44 Portuguese
Poesia/General O BAÚ E O JARRO - (Curiosidade de criança) 0 1.004 09/13/2016 - 12:14 Portuguese
Poesia/Meditación NADA A FAZER 0 960 09/09/2016 - 18:16 Portuguese
Poesia/Meditación BOA NOITE, ATEU. 0 2.640 09/08/2016 - 04:25 Portuguese
Poesia/General QUEM NÃO TRABUCA, NÃO MANDUCA 0 423 09/05/2016 - 23:39 Portuguese
Poesia/Meditación O DIA EM QUE O MUNDO ACABOU 0 592 09/04/2016 - 21:57 Portuguese
Poesia/Meditación JANELAS PRONOMINAIS 0 1.267 09/02/2016 - 13:40 Portuguese
Poesia/General SINESTESIAS METAFÓRICAS 0 428 09/01/2016 - 13:56 Portuguese
Poesia/Alegria VIVA MEU BRASIL - (NÃO FOI GOLPE) 0 450 08/31/2016 - 17:50 Portuguese
Poesia/General ENKI, o senhor das águas 0 863 08/31/2016 - 14:48 Portuguese
Poesia/Amor DOIS DEDINHOS DE PROSA 0 807 08/30/2016 - 15:33 Portuguese
Poesia/Amor SENTIMENTOS 0 839 08/29/2016 - 14:09 Portuguese
Poesia/Fantasía O poema foi retirado 2 727 08/27/2016 - 21:42 Portuguese
Poesia/Fantasía PAREIDOLIA 0 581 08/27/2016 - 02:39 Portuguese
Prosas/Otros ALESSANDRA NÃO GOSTA DE AZEITONAS 0 1.191 08/26/2016 - 16:59 Portuguese
Poesia/General RIMA PARA "LÉXICO" 0 461 08/26/2016 - 12:08 Portuguese
Poesia/Fantasía CÉU EM POESIA 0 589 08/25/2016 - 19:56 Portuguese
Poesia/General O POETA NÃO PRECISA VIVER 0 894 08/24/2016 - 00:43 Portuguese
Poesia/Aldravias A VIRGEM 0 924 08/22/2016 - 23:46 Portuguese
Poesia/Meditación AS FORMIGAS 0 5.475 08/22/2016 - 12:09 Portuguese
Poesia/Gótico EU MORRI... VOCÊ MORREU... 0 1.255 08/20/2016 - 12:50 Portuguese