CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

DELÍRIO DE PYATÃ


Acauã deixou o seu ninho.
Por isso se ouvem os pios
do seu filhote sozinho
nas sombras dos arrepios.

Acauã espreita a aldeia
e encara o índio na oca.
Grasna para lua cheia
e abre as asas sobre a toca.

É uma noite que espanta,
que só índio pode entender.
Quando um acauã canta
alguém por ali vai morrer.

Acauã é praga que azara;
mas, pode ser sina ou sorte.
Pyatã então, sofre e se arrasa
e sente o agouro da morte.

O índio cai em sono profundo.
A luz pra ele se apaga, escurece.
Pyatã está fora do mundo.
Seu corpo então desfalece.

Acauã o carrega pro espaço.
Sua mente enfraquece e atordoa.
Acauã é uma ave de aço
navegando no céu igual canoa.

O canto do acauã

Conheça o falcão  brasileiro acauã

J. Thamiel
06.02.17
22:12h

 

Submited by

terça-feira, fevereiro 7, 2017 - 01:05

Poesia :

No votes yet

J. Thamiel

imagem de J. Thamiel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 21 horas 11 minutos
Membro desde: 05/02/2016
Conteúdos:
Pontos: 2779

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of J. Thamiel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral PARA QUE SERVE A POESIA 2 80 07/19/2019 - 15:49 Português
Poesia/Geral ¿PARA QUÉ SIRVE LA POESÍA? 0 57 07/18/2019 - 13:48 Espanhol
Poesia/Geral O POETA QUE VEIO DO FRIO 0 114 07/17/2019 - 14:21 Português
Poesia/Geral REFLEXÃO DE UM PIRILAMPO 0 123 07/13/2019 - 15:47 Português
Poesia/Geral A M É M 0 137 07/09/2019 - 15:38 Português
Poesia/Geral UMA QUESTÃO DE ÓTICA, CONCORDA? 1 167 06/27/2019 - 00:08 Português
Poesia/Geral AMANHÃ TEM MAIS 0 288 06/23/2019 - 15:26 Português
Poesia/Amor REDENCIÓN 0 276 06/17/2019 - 16:19 Espanhol
Poesia/Amor REDENÇÃO 0 192 06/17/2019 - 12:51 Português
Poesia/Fantasia CONVITE 0 256 06/13/2019 - 01:22 Português
Poesia/Geral POETA HUMILDE 3 433 06/11/2019 - 17:50 Português
Poesia/Fantasia O ENIGMA 0 221 06/07/2019 - 13:07 Português
Poesia/Geral UN DIVINO PARTO 0 157 06/03/2019 - 14:21 Português
Poesia/Fantasia UN DIVINO PARTO 0 721 06/02/2019 - 17:22 Espanhol
Poesia/Geral FEITU DONU DI GRANJA 0 197 06/01/2019 - 21:03 Português
Poesia/Meditação MEU FILHO 0 195 05/31/2019 - 15:46 Português
Poesia/Fantasia TURBILHÃO DE PENSAMENTOS 0 193 05/28/2019 - 17:11 Português
Poesia/Fantasia NOVO JEITO DE AMAR 0 174 05/28/2019 - 02:18 Português
Poesia/Geral OH, MARIPOSA, PORQUE ESVOAÇAIS? 0 206 05/22/2019 - 21:39 Português
Poesia/Geral SÍTIO DAS ÁGUAS LENTAS 2 263 05/22/2019 - 15:56 Português
Poesia/Fantasia RUMO AO FUTURO 0 182 05/19/2019 - 23:59 Português
Poesia/Geral UM OLHO NO PEIXE, OUTRO NO... 0 135 05/13/2019 - 15:40 Português
Poesia/Geral LOUCURA 0 195 05/10/2019 - 14:48 Português
Poesia/Meditação DICOTOMIA 1 331 05/09/2019 - 16:06 Português
Poesia/Geral O BÊBADO 1 233 05/09/2019 - 16:06 Português