INGÊNUO


 
O poeta em sua ingênua adolescência
o brilho e a beleza da estrela enaltece.
A estrela desconhece sua diva aparência
e ignora o urdidor que o seu brilho tece.

Com brilhos e luzes espalham os astros
caminhos e estradas pelo firmamento.
Estrelas cadentes deixam seus rastros
como rimas na fração de um momento.

Atônitos, ingênuos olhamos para o céu
procurando um verso para falar de amor;
mas, tudo é passageiro e se perde ao léu
e impera a saudade e permanece a dor.

J. Thamiel
Guarulhos, 13.03.18
18:07

Submited by

Martes, Marzo 13, 2018 - 21:08

Poesia :

Su voto: Nada (1 vote)

J. Thamiel

Imagen de J. Thamiel
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 30 semanas 1 día
Integró: 05/02/2016
Posts:
Points: 3642

Comentarios

Imagen de Joel

mas não consigo evitá-la É

mas não consigo evitá-la É verdade, a dor é tão importante quanto a paz da natureza e o que ela me traz

Imagen de Joel

mas não consigo evitá-la É

mas não consigo evitá-la É verdade, a dor é tão importante quanto a paz da natureza e o que ela me traz

Imagen de Joel

Creio no universo como um

Creio no universo como um homem vulgar,
Não tenho filosofia que me defina,
Nem lugar em que gostasse de falecer,
Não consinto a vida, assimilo-a como a morfina,

Imagen de Joel

tudo é passageiro excepto o

tudo é passageiro excepto o motorista e o cobrador

Imagen de Joel

permanece a dor.

permanece a dor.

Imagen de J. Thamiel

A dor é tão importante quanto

A dor é tão importante
quanto a saudade e os
caminhos que nos podem
mostrar o universo.

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of J. Thamiel

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Poesia/Meditación QUASE CONTRITO 0 1.700 10/15/2018 - 13:19 Portuguese
Poesia/General Y EL TIEMPO PASÓ 0 2.102 09/26/2018 - 16:19 Portuguese
Poesia/General EL TIEMPO 0 5.733 09/26/2018 - 16:13 Español
Poesia/General NÃ0 ME SIGA 0 1.987 09/25/2018 - 19:06 Portuguese
Poesia/General ETERNIDADE PRA QUÊ? 0 1.782 09/17/2018 - 12:50 Portuguese
Poesia/General Y EL TIEMPO PASÓ 0 2.668 09/12/2018 - 12:26 Español
Poesia/General ONTEM FOI SEXTA-FEIRA 0 1.594 09/08/2018 - 13:02 Portuguese
Poesia/Meditación I N T RO S P E C T O 0 1.755 09/07/2018 - 18:15 Portuguese
Poesia/Pensamientos O CAMINHO DO SOL 0 2.452 08/30/2018 - 17:40 Portuguese
Poesia/General E O TEMPO PASSOU... 0 2.305 08/24/2018 - 12:27 Portuguese
Poesia/General FUTURO DO PRETÉRITO 1 2.269 08/11/2018 - 13:48 Portuguese
Poesia/General A s a u d a d e 0 3.097 07/30/2018 - 16:14 Portuguese
Poesia/Dedicada DEUS, Ó DEUS! AGORA ME RESPONDES 0 3.455 07/24/2018 - 12:41 Portuguese
Poesia/General S A U D A D E... 0 3.593 07/12/2018 - 12:12 Portuguese
Poesia/General SE EU FOSSE POETA.. 0 2.174 06/28/2018 - 17:23 Portuguese
Poesia/General Y H V H 0 3.918 06/25/2018 - 22:59 Español
Poesia/General PROCURANDO VOCÊ 0 2.380 06/18/2018 - 16:34 Portuguese
Poesia/General A FOLHA SECA 2 3.638 06/15/2018 - 17:30 Portuguese
Poesia/Fantasía LA MAGIA DE LA MIRADA 0 5.253 06/06/2018 - 14:34 Español
Poesia/Fantasía MAGIA NO OLHAR 0 2.580 06/06/2018 - 13:58 Portuguese
Poesia/Desilusión ABANDONO 0 3.109 05/27/2018 - 13:06 Portuguese
Poesia/General NUEVO DÍA 0 2.318 05/17/2018 - 15:42 Portuguese
Poesia/General NUEVO DÍA 0 2.029 05/17/2018 - 15:34 Español
Poesia/General SEM PONTO FINAL 0 1.243 05/15/2018 - 15:07 Portuguese
Poesia/Desilusión CANÁRIOS E BORBOLETAS 0 3.369 05/09/2018 - 11:17 Portuguese