"Espinhos do Tempo"


Arranha na pele feito uma esgrima...
Chegando a sentir na alma !
Dói... Como a dor de uma rima...
Onde apenas o tempo me acalma.

Apenas o momento está passando
E o passado cada vez mais presente...
Deste futuro cigano!
Que hora invade minha mente...

Não temo mais o destino...
Não tenho medo de ir embora !
Sou uma pedra jogada no rio
Apenas mais um rio... Mais uma pedra.

E das flores amargas da vida
O orvalho alimentou minha sede...
O perfume minha saída
Para o teu amor... Felicidade.

No peito a dor do tempo...
E do tempo restou a saudade !
Os espinhos jogados ao vento
Sangrando meu peito... Perdi minha liberdade...

Submited by

Martes, Noviembre 6, 2018 - 16:41

Poesia :

Sin votos aún

Marcos Ribeiro Martins

Imagen de Marcos Ribeiro Martins
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 14 semanas 5 días
Integró: 11/06/2018
Posts:
Points: 21

Comentarios

Imagen de MaynardoAlves

"Espinhos do tempo"

Seja bem-vindo.

Imagen de Marcos Ribeiro Martins

agradecimento

Muito Obrigado.

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of Marcos Ribeiro Martins

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Poesia/Meditación "Sem o Que Dizer" 0 141 11/11/2018 - 13:28 Portuguese
Poesia/Amor "Amor aos Pedaços" 0 137 11/11/2018 - 13:26 Portuguese
Poesia/Amor "Amor Esquecido" 0 145 11/11/2018 - 13:22 Portuguese
Poesia/Meditación "Espinhos do Tempo" 2 234 11/11/2018 - 13:16 Portuguese