CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Elizabeth Barrett Browning Biografia

Elizabeth Barrett Browning (Kelloe, Durham, 6 de Março de 1806 — Florença, 29 de Junho de 1861) foi uma poetisa inglesa da época vitoriana.
Autora de "Sonetos do Português", reunião de poemas românticos — sua própria história de amor com o marido, o também poeta Robert Browning. Um destes poemas (o de número 43) é considerado o mais belo escrito por uma mulher em língua inglesa:

Amo-te quanto em largo, alto e profundo
Minh'alma alcança quando, transportada,
Sente, alongando os olhos deste mundo,
Os fins do Ser, a Graça entressonhada.
Amo-te em cada dia, hora e segundo:
A luz do sol, na noite sossegada.
E é tão pura a paixão de que me inundo
Quanto o pudor dos que não pedem nada.
Amo-te com o doer das velhas penas;
Com sorrisos, com lágrimas de prece,
E a fé da minha infância, ingênua e forte.
Amo-te até nas coisas mais pequenas.
Por toda a vida. E, assim Deus o quisesse,
Ainda mais te amarei depois da morte.

Tradução de Manuel Bandeira.

Elizabeth foi a dona do Cocker Spaniel que inspirou Virginia Woolf a escrever Flush.

Obra
 
The Seraphim and Other Poems (1838) (o seu primeiro livro)
Sonnets from the Portuguese (1847)
Aurora Leigh (1856)

Submited by

terça-feira, maio 10, 2011 - 00:33

Poesia Consagrada :

No votes yet

Elizabeth Barrett Browning

imagem de Elizabeth Barrett Browning
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 anos 43 semanas
Membro desde: 04/27/2011
Conteúdos:
Pontos: 228

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Elizabeth Barrett Browning

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia Consagrada/Biografia Elizabeth Barrett Browning Biografia 0 2.734 05/10/2011 - 00:39 Espanhol
Poesia Consagrada/Biografia Elizabeth Barrett Browning Biografia 0 2.287 05/10/2011 - 00:33 Português
Poesia Consagrada/Biografia Elizabeth Barrett Browning Biography 0 1.370 05/10/2011 - 00:20 inglês
Poesia Consagrada/Geral Elizabeth Barrett Browning Poems : Yet, Love, Mere Love, Is Beautiful Indeed 0 1.353 05/10/2011 - 00:17 inglês
Poesia Consagrada/Geral Elizabeth Barrett Browning Poems : Yes, Call Me By My Pet-Name! Let Me Hear 0 1.123 05/10/2011 - 00:16 inglês
Poesia Consagrada/Geral Elizabeth Barrett Browning Poems : Work and Contemplation 0 1.113 05/10/2011 - 00:15 inglês
Poesia Consagrada/Geral Elizabeth Barrett Browning Poems : Work 0 1.227 05/10/2011 - 00:14 inglês
Poesia Consagrada/Geral Elizabeth Barrett Browning Poems : With the Same Heart, I Said, I'll Answer Thee 0 1.200 05/10/2011 - 00:14 inglês
Poesia Consagrada/Geral Elizabeth Barrett Browning Poems : When We Met First and Loved, I Did Not Build 0 1.125 05/10/2011 - 00:13 inglês
Poesia Consagrada/Geral Elizabeth Barrett Browning Poems : When Our Two Souls Stand Up Erect and Strong 0 1.233 05/10/2011 - 00:12 inglês
Poesia Consagrada/Geral Elizabeth Barrett Browning Poems : What Can I Give Thee Back, O Liberal 0 904 05/10/2011 - 00:11 inglês
Poesia Consagrada/Geral Elizabeth Barrett Browning Poems : Unlike Are We, Unlike, O Princely Heart 0 1.094 05/10/2011 - 00:10 inglês
Poesia Consagrada/Geral Elizabeth Barrett Browning Poems : The Two Sayings 0 1.006 05/10/2011 - 00:10 inglês
Poesia Consagrada/Geral Elizabeth Barrett Browning Poems : To George Sand: A Recognition 0 1.662 05/10/2011 - 00:09 inglês
Poesia Consagrada/Geral Elizabeth Barrett Browning Poems : To George Sand: A Desire 0 1.156 05/10/2011 - 00:08 inglês
Poesia Consagrada/Geral Elizabeth Barrett Browning Poems : Thou Hast Thy Calling to Some Palace-Floor 0 1.134 05/10/2011 - 00:07 inglês
Poesia Consagrada/Geral Elizabeth Barrett Browning Poems : A Thought for a Lonely Death-Bed 0 1.470 05/10/2011 - 00:07 inglês
Poesia Consagrada/Geral Elizabeth Barrett Browning Poems : Thou Comest! All Is Said Without a Word 0 1.102 05/10/2011 - 00:06 inglês
Poesia Consagrada/Tristeza Elizabeth Barrett Browning Poems : Tears 0 1.248 05/10/2011 - 00:05 inglês
Poesia Consagrada/Geral Elizabeth Barrett Browning Poems : A Tale of Villafranca 0 1.100 05/10/2011 - 00:04 inglês
Poesia Consagrada/Geral Elizabeth Barrett Browning Poems : The Soul's Rialto Hath Its Merchandize 0 1.186 05/10/2011 - 00:03 inglês
Poesia Consagrada/Geral Elizabeth Barrett Browning Poems : The Soul's Expression 0 1.536 05/10/2011 - 00:02 inglês
Poesia Consagrada/Geral Elizabeth Barrett Browning Poems : The Seraph and the Poet 0 772 05/10/2011 - 00:01 inglês
Poesia Consagrada/Geral Elizabeth Barrett Browning Poems : Say Over Again, and Yet Once Over Again 0 1.069 05/10/2011 - 00:00 inglês
Poesia Consagrada/Geral Elizabeth Barrett Browning Poems : The Prisoner 0 1.287 05/10/2011 - 00:00 inglês