CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Viver...

Viver é sempre uma bênção
Quem disser o contrário mente,
Mas hoje, o meu coração
É pura tristeza somente.

Quase sem razão aparente
Porque a vida, é mesmo assim,
E a tristeza lentamente
Se apodera de mim.

Porque carrego nos ombros
Tão pesado fardo,
E vivo nos escombros
De um coração incinerado?

Apesar de apaixonado
Quer esquecer que existe
Pois está acorrentado
A um amor que não lhe assiste.

Submited by

quarta-feira, junho 6, 2012 - 10:31

Ministério da Poesia :

Your rating: None Average: 4 (1 vote)

Nostalgia

imagem de Nostalgia
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 anos 36 semanas
Membro desde: 09/12/2011
Conteúdos:
Pontos: 730

Comentários

imagem de Odete Ferreira

Viver é de facto

Amiga Nostalgia: viver é de facto uma benção. Contudo, viver, na plena semântica que o verbo encerra, tem de de

ser sentido. Há uma diferença abismal entre o viver versus respirar e o viver versos amar. E a tristeza continuada

é uma espécie de estado comatoso...

Li uma série de poemas: rimados, diversificados e espelhados (tua alma neles se refletem...). Identifico-me bastante na tua poiética...

Foi um prazer!

Bjo :)

imagem de Nostalgia

Concordo consigo, plenamente,

Concordo consigo, plenamente, Odete, quando se refere à tristeza como um estado comatoso.
Bem no fundo da nossa alma, o viver vs amar parece estar sempre em estado de coma...salvo raras excepções, que rapidamente são assoladas por nuvens negras.
Diz o ditado popular que:
Nós somos aquilo que comemos; diz-me com quem andas dir-te-ei quem és; os olhos são o espelho da alma. Eu acrescentaria: a tua poesia é o retrato do teu mais recôndido ser.
Obrigada pelo comentário
Bjs

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Nostalgia

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Fotos/Outros Rácio Irracional 2 2.439 08/31/2018 - 21:27 Português
Ministério da Poesia/Meditação Doce Ingenuidade 6 1.520 03/12/2018 - 17:56 Português
Ministério da Poesia/Amor Worth the try 1 3.670 05/25/2014 - 00:22 inglês
Ministério da Poesia/Dedicado Reciprocidade 2 1.792 12/05/2013 - 10:50 Português
Ministério da Poesia/Dedicado Rosa em botão 0 1.368 06/11/2012 - 11:52 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Viver... 2 1.655 06/08/2012 - 11:55 Português
Videos/Música Minha estranha loucura 0 2.763 05/25/2012 - 17:57 Português
Poesia/Alegria Ventos de Mudança 14 1.638 05/18/2012 - 10:49 Português
Poesia/Meditação Remar contra a maré 10 1.464 05/17/2012 - 10:01 Português
Ministério da Poesia/Amizade Fado do Vento 4 1.466 05/10/2012 - 19:27 Português
Poesia/Geral Compilação 2 1.474 05/03/2012 - 16:59 Português
Videos/Poesia Tu és Aquele 8 2.682 05/03/2012 - 16:54 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Envelhecer... 2 1.639 05/02/2012 - 08:43 Português
Críticas/Outros Slogan 2 2.313 04/25/2012 - 20:46 Português
Ministério da Poesia/Meditação A sombra de mim 6 1.849 04/19/2012 - 12:20 Português
Poesia/Meditação Alma de Poeta 6 1.515 04/10/2012 - 10:36 Português
Poesia/Intervenção Soneto inédito 4 1.417 04/02/2012 - 16:34 Português
Poesia/Amor INSÓNIA 7 1.194 03/26/2012 - 12:24 Português
Videos/Música Groovy kind of love 0 2.811 03/23/2012 - 17:01 Português
Ministério da Poesia/Amor Hipnose 7 1.739 03/20/2012 - 17:56 Português
Ministério da Poesia/Canção O meu fado 6 1.606 03/18/2012 - 23:31 Português
Ministério da Poesia/Geral A pegada humana 4 1.795 01/25/2012 - 12:07 Português
Ministério da Poesia/Meditação O medo (da alma) 4 1.768 01/21/2012 - 15:33 Português
Videos/Poesia Shall we dance? 0 2.871 01/15/2012 - 15:14 inglês
Ministério da Poesia/Amor Ciúmes 2 1.587 01/15/2012 - 12:27 Português