CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

«Corro» - Ensaio sobre a ansiedade.

 

Corro…
não sei para onde
(já) não sei para quê – Porquê?

Corro…

(Corro sem ceptro)


(sou) espectro, (em) espectro
Nem sou sono,
nem sou desperto.

(Corro sem ceptro)

Corro...


Sem testemunho
Sem estafeta que me renda.

Corro…


Salto as barreiras,
Ou mudo de direcção,

Mas corro.

Corro…


Com o vento a favor
Com o vento a desfavor,

Mas corro.

Tanto faz,
Tanto fez…
Não importa,
Já não sei voltar…

… e corro

Corro porque se PARAR
… «Grito» por socorro.

All rights reserved

in Emoções e músicas dos novos tempos

RICARDORODEIA
 

Submited by

segunda-feira, junho 27, 2011 - 16:41

Poesia :

No votes yet

RICARDORODEIA

imagem de RICARDORODEIA
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 9 semanas 1 dia
Membro desde: 08/01/2010
Conteúdos:
Pontos: 1381

Comentários

imagem de MariaButterfly

Corro,

Corro, fujo...
Corro...
Socorro!
É aqui que eu morro.

 

Gostei muito, de ler.

Beijos
 

imagem de SuzeteBrainer

Muito interessante a começar

Muito interessante a começar pelo o título,pois todo aquele que corre é movido pelo combustível da ansiedade,o impulso que leva ao ciclo vicioso e é preciso muita meditação para o distanciar dessa sociedade elétrica no fazer...

Gostei muito!!!smiley

imagem de Henrique

«Corro»

E assim ela sem sou sono

nem desperta nos assassina o tempo!

 

:-)

imagem de RZorpa

Não sei explicar porque

Não sei explicar porque sinto

Mas não escondo nem minto 

Sobre o que vejo a mim chegar...

Muito som nesta correria.. Caro Ricardo.

Ouve-se a batida do movimento, do principio ao fim!

Uma delícia!!!

Grande abraço!

imagem de RICARDORODEIA

Prezo muito as tuas

Prezo muito as tuas palavras.

Não sei se digo por mim, não sei se digo por outros,

mas numa pequena verdade afirmo:

Tens sido um óptimo reforço para esta comunidade.

 

Obrigado  

Um Abraço.

imagem de RZorpa

Meu Caro como deves calcular

Meu Caro como deves calcular as tuas palavras enchem-me de alívio, sobretudo porque chegam de tão talentosa e emergente "Pena" ( e eu, como facilmente se constata, sou apenas mais um dos muitos rendidos a esse talento). Eu é agradeço o favor da tua atenção!

Mas não há como contornar a questão: Este espaço é teu e BRILHA que se farta!

Muitos e sinceros parabens!!

 

Gr. Abraço

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of RICARDORODEIA

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação alegremente triste 3 1.155 02/27/2018 - 11:09 Português
Fotos/Artes avareza 1 2.119 03/30/2013 - 12:50 Português
Videos/Música best of flamenco - Paco del Lucia 0 2.758 02/22/2013 - 03:31 Português
Poesia/Geral Desvendo-te... o olhar 0 2.013 10/02/2012 - 01:11 Português
Videos/Música Can´t Keep - Eddie Vedder 0 2.100 08/21/2012 - 16:45 Português
Videos/Música CLANDESTINO 0 1.922 08/02/2012 - 23:43 Português
Videos/Música LOVE ME TWO TIMES .........[] ......Doors ......[]...[]...[] 0 1.982 08/02/2012 - 00:15 Português
Fotos/Gentes e Locais O5 CINCO AMIGO5 2 2.235 07/27/2012 - 12:20 Português
Videos/Música A PELE QUE HÁ EM MIM 0 2.039 07/24/2012 - 16:25 Português
Fotos/Gentes e Locais dia de mar 0 2.674 07/24/2012 - 16:20 Português
Fotos/Outros NA SOMBRA DA SUA SEMELHANTE 0 1.362 07/24/2012 - 16:15 Português
Fotos/Outros cinco amigas chaminés 0 1.837 07/24/2012 - 16:11 Português
Fotos/Outros sombra da mulher toca no pé do Homem 0 2.568 07/03/2012 - 12:48 Português
Fotos/Artes À VOLTA DO TEMPO II 0 2.162 07/03/2012 - 12:42 Português
Fotos/Gentes e Locais NOVO ÍCARO 0 2.963 07/03/2012 - 12:39 Português
Fotos/Artes À VOLTA DO TEMPO I 0 1.982 07/03/2012 - 12:37 Português
Poesia/Amor Fogo consumido fora de tempo 4 1.645 06/05/2012 - 16:09 Português
Poesia/Amor Alma Gémea a Nu em Tempo Passado 0 1.020 05/29/2012 - 16:47 Português
Poesia/Amor A Mulher que Tu És 0 1.614 05/29/2012 - 16:33 Português
Prosas/Lembranças Misteriosa linguagem (II) 0 1.338 05/27/2012 - 18:42 Português
Fotos/Outros PORTA DE ZINCO 0 2.590 05/27/2012 - 18:25 Português
Fotos/Outros PORTA ABANDONADA 0 2.900 05/27/2012 - 18:21 Português
Fotos/Outros PORTA SEM FUNDO 0 2.342 05/27/2012 - 18:18 Português
Fotos/Outros AS 3 PORTAS II 0 2.320 05/27/2012 - 18:11 Português
Poesia/Pensamentos A CONSCIÊNCIA DO "EU" 6 1.202 05/22/2012 - 12:31 Português