CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

À CASA MINHA (a David Mourão Ferreira)

“CASA”
“Tentei fugir da mancha mais escura
que existe no teu corpo, e desisti.
Era pior que a morte o que antevi:
era a dor de ficar sem sepultura.

Bebi entre os teus flancos a loucura
de não poder viver longe de ti:
és a sombra da casa onde nasci,
és a noite que à noite me procura.

Só por dentro de ti há corredores
e em quartos interiores o cheiro a fruta
que veste de frescura a escuridão. . .

Só por dentro de ti rebentam flores.
Só por dentro de ti a noite escuta
o que sem voz me sai do coração.”

David Mourão Ferreira
Infinito Pessoal
(1959-1962)
Obra Poética
1948-1988
4.º Edição
Editorial Presença

À CASA MINHA
Homem que à casa minha
Meu corpo acedes
Escuridão que caminha
E sobes pela voz
Escadas do sentir
Onde me amas a sós
E aos meus olhos concedes
Janelas por abrir
Para entrar tua claridade
Onde luz é treva do meu ser
Paredes de luminosidade
Desejos íntimos de se ter
Corpo que te recebe
Sentir que te concebe
Abrigar por querer
Meu corpo dado prazer
Morada em mim
Casa da loucura
Erotismo sem fim
Corredores de procura
Pelo cio salas de vício
Esvoaçam cortinas de frescura
Recantos de meigo tesão
Divisões de sacrifício
Poro a poro o teu chão
A esse gozo propício
Onde te abrigas sem tempo
Cheiros que te são intimidade
Do coração já lamento
Da alma telhado felicidade
Poema que imaginado antevi
Tua sepultura sentimento
Do teu ser à terra eu senti
Dar-lhe voz pensamento
Neste verso por ti

musa
 

Submited by

domingo, julho 17, 2011 - 23:14

Poesia :

No votes yet

musarenascentista

imagem de musarenascentista
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 19 semanas
Membro desde: 05/05/2011
Conteúdos:
Pontos: 1076

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of musarenascentista

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Fantasia SILÊNCIO E SAUDADE 1 706 02/27/2018 - 12:02 Português
Poesia/Fantasia NÃO HAVIA CEREJAS NOS TEUS OLHOS 1 1.495 02/27/2018 - 12:01 inglês
Poesia/Dedicado À MULHER CELTA 1 1.820 02/27/2018 - 12:00 Português
Poesia/Erótico PARTITURA DE SENTIDOS 1 866 02/27/2018 - 11:58 Português
Poesia/Fantasia NEM TUDO É 1 1.213 02/27/2018 - 11:57 Português
Poesia/Fantasia MAR INSPIRAÇÃO 0 555 09/16/2014 - 00:07 Português
Poesia/Desilusão VOU MORRER NO MAR 1 994 06/17/2014 - 22:24 Português
Poesia/Fantasia ESPELHO DE UM VOO 0 2.407 03/17/2014 - 19:19 inglês
Poesia/Fantasia CLÉRIGOS 0 1.009 03/17/2014 - 19:17 inglês
Poesia/Dedicado MULHER 0 807 03/08/2014 - 14:26 Português
Poesia/Dedicado MULHER - 0 914 03/08/2014 - 14:25 Português
Poesia/Fantasia SOLICITUDES VERSIAIS 0 979 03/08/2014 - 14:24 Português
Poesia/Desilusão VERSOS DA ILUSÃO 0 798 02/26/2014 - 14:18 Português
Poesia/Fantasia SE AMOR HÁ 0 860 02/26/2014 - 14:17 Português
Poesia/Erótico ALQUIMIA DO DESEJO 0 1.828 02/26/2014 - 14:13 Português
Poesia/Erótico RETALHOS DE FOGO 0 1.233 02/20/2014 - 12:55 Português
Poesia/Fantasia SEDE DE TI 0 1.287 02/14/2014 - 16:46 Português
Poesia/Erótico INTERLÚDIO DESEJO 0 1.001 02/14/2014 - 16:43 Português
Poesia/Amor A UM AMOR PARA A ETERNIDADE 1 900 02/13/2014 - 16:48 Português
Poesia/Erótico NAS TUAS MÃOS MEU CORPO 0 932 02/12/2014 - 19:24 Português
Poesia/Fantasia LENÇOS DOS NAMORADOS 0 927 02/12/2014 - 19:22 Português
Poesia/Amor DO AMOR DECLARADO 1 1.065 01/14/2014 - 13:01 Português
Poesia/Fantasia MARÍTIMA TEMPESTADE 1 926 01/14/2014 - 12:56 Português
Poesia/Erótico ABRAÇO 1 1.398 01/14/2014 - 12:53 Português
Poesia/Erótico EMOÇÕES... ao desassossego 1 891 12/20/2013 - 19:57 Português