CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

“Bateu Saudades”

Ainda bate no peito saudades.
Todos que partiram ficaram marcados na memória.
Ainda estão presentes nos corações dos que ficaram.
Ficamos na fila de espera, donde dela nunca sairemos.
Sinto vontade de olhar para traz mais sabemos que isso não é correto.
Sem explicações ou aviso prévio partimos deixamos um vazio nos peitos dos que aqui ficaram.
Ainda estamos com olhos vermelhos, com dores ocultas e um luto que nos seca.
Como seriamos se a morte não viesse nos buscar?
Teríamos mais tempo para corrigir nos erros?
Ainda recordo-me da infância e lamento.
Olho-me no espelho.
Recordo-me dos amigos e sinto mais saudades.
Minhas rugas aumentam, meu corpo se cansa e eu tento saber como será meu fim.
Mais nas incertezas encosto minha cabeça no travesseiro e ponho-me a descansar.
Caio num sonho verdadeiro, saudando aos amigos primeiro,que foram descansar.
Não me esqueço dos que foram, pois, a mim faz muita falta.
Faltam-me palavras de conforto,mais triste seria o aborto, se os bebes pudessem falar.
Partirei com felicidade, sabendo que deixarei saudades, a todos que por aqui ficar.
Nem coisa bela fez eu, mais bela coisa escreveu e hoje veio a descansar.
Preparo-me desde já e quando for descansar de mim todos iram se lembrar.

Autor:Verton Brandino Da Silva
(18/07/2012)
Colatina ES

Submited by

quarta-feira, setembro 12, 2012 - 23:17

Poesia :

No votes yet

Verton Brandino da Silva

imagem de Verton Brandino da Silva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 7 semanas 3 dias
Membro desde: 04/13/2011
Conteúdos:
Pontos: 660

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Verton Brandino da Silva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral "Peça!" 0 182 12/09/2018 - 03:27 Português
Poesia/Fantasia “Onde estão?” 0 184 12/03/2018 - 04:09 Português
Poesia/Gótico "Pesadelo comum!" 0 148 12/03/2018 - 02:04 Português
Poesia/Meditação "Sim!" 0 163 11/27/2018 - 21:49 Português
Poesia/Pensamentos "Verbo reeditado!" 0 206 11/25/2018 - 15:26 Português
Poesia/Pensamentos "Ilusões Particulares!" 0 167 11/25/2018 - 15:22 Português
Poesia/Pensamentos Está lá ! 0 378 08/24/2018 - 00:11 Português
Poesia/Tristeza "Para que ter pressa?" 0 378 05/08/2018 - 04:58 Português
Poesia/Dedicado "Eu vi!" 0 419 05/06/2018 - 13:00 Português
Poesia/Geral "De que serve?" 0 268 05/06/2018 - 12:57 Português
Poesia/Comédia "Apenas uma comedia!" 0 282 04/23/2018 - 01:01 Português
Poesia/Gótico "Não chorem!" 0 272 04/22/2018 - 18:43 Português
Poesia/Pensamentos "Sarjeta!" 0 446 04/19/2018 - 21:12 Português
Poesia/Meditação "Quando ele morrer!" 0 298 04/19/2018 - 21:10 Português
Poesia/Meditação Observando!" 0 298 04/19/2018 - 21:08 Português
Poesia/Geral "Versos inversos!" 0 413 10/13/2017 - 15:26 Português
Poesia/Meditação “Ficção x Realidade” 0 383 10/13/2017 - 14:57 Português
Poesia/Pensamentos "Suburbano de cor!" 0 539 10/13/2017 - 14:44 Português
Poesia/Geral "Não olhe" 0 392 10/07/2017 - 22:34 Português
Poesia/Pensamentos "Pura Infância" 0 399 10/07/2017 - 22:03 Português
Poesia/Meditação "Confissão!" 0 345 10/07/2017 - 20:41 Português
Poesia/Pensamentos "Dizem por aí!" 0 869 12/14/2016 - 23:29 Português
Poesia/Geral "Sórdida Solidão!" 0 592 12/14/2016 - 23:27 Português
Poesia/Meditação "Inocente!" 0 461 12/14/2016 - 23:23 Português
Poesia/Geral "COMUNICADO" 0 397 11/25/2016 - 15:07 Português