CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

"Ainda luto"

Luto sempre pela minha sanidade.
Procuro por entre vários caminhos um onde minha fuga seja mais lúcida.
Tento não ser torto para que não os atrapalhem.
Vou torturando-me para que todos tenham salvação.
Procuro mostrar que mesmo na incerteza podemos ser melhores que antes.
E minhas dúvidas continuam esperando respostas.
Minh'alma calejada e quase destruída se afoga nas mágoas que a ela fora concedida.
Ainda tento em todos os absurdos pôr-me de pé para ajudar.
Sinto o peso e o cansaço me abater, derrubar e maltratar.
Sinto-me a um passo da loucura, donde nela volto ao ponto de fuga.
Queria eu firmar raízes e ali permanecer.
Mas tudo retorna jogando-me pensamento de desespero mostrando-me meu passado.
Não posso mais guerrear para outros e a minha nem tentar.
Estou cansado e abatido.
Perdido e incompreendido.
Aos poucos em uma loucura particular sem percepção alheia.
Procurando aproveitar um pouco da sanidade que me resta.
Ainda sei que é cedo.
E enquanto não chegar a hora derramarei minhas lágrimas em letras.
Pois é o que me resta.

Autor: Verton Brandino Da Silva
(13/07/2012)
Colatina ES

Submited by

sexta-feira, julho 13, 2012 - 17:03

Poesia :

No votes yet

Verton Brandino da Silva

imagem de Verton Brandino da Silva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 semanas 2 dias
Membro desde: 04/13/2011
Conteúdos:
Pontos: 660

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Verton Brandino da Silva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral "Peça!" 0 186 12/09/2018 - 03:27 Português
Poesia/Fantasia “Onde estão?” 0 188 12/03/2018 - 04:09 Português
Poesia/Gótico "Pesadelo comum!" 0 153 12/03/2018 - 02:04 Português
Poesia/Meditação "Sim!" 0 169 11/27/2018 - 21:49 Português
Poesia/Pensamentos "Verbo reeditado!" 0 213 11/25/2018 - 15:26 Português
Poesia/Pensamentos "Ilusões Particulares!" 0 171 11/25/2018 - 15:22 Português
Poesia/Pensamentos Está lá ! 0 385 08/24/2018 - 00:11 Português
Poesia/Tristeza "Para que ter pressa?" 0 383 05/08/2018 - 04:58 Português
Poesia/Dedicado "Eu vi!" 0 423 05/06/2018 - 13:00 Português
Poesia/Geral "De que serve?" 0 274 05/06/2018 - 12:57 Português
Poesia/Comédia "Apenas uma comedia!" 0 295 04/23/2018 - 01:01 Português
Poesia/Gótico "Não chorem!" 0 275 04/22/2018 - 18:43 Português
Poesia/Pensamentos "Sarjeta!" 0 461 04/19/2018 - 21:12 Português
Poesia/Meditação "Quando ele morrer!" 0 312 04/19/2018 - 21:10 Português
Poesia/Meditação Observando!" 0 310 04/19/2018 - 21:08 Português
Poesia/Geral "Versos inversos!" 0 420 10/13/2017 - 15:26 Português
Poesia/Meditação “Ficção x Realidade” 0 387 10/13/2017 - 14:57 Português
Poesia/Pensamentos "Suburbano de cor!" 0 545 10/13/2017 - 14:44 Português
Poesia/Geral "Não olhe" 0 398 10/07/2017 - 22:34 Português
Poesia/Pensamentos "Pura Infância" 0 402 10/07/2017 - 22:03 Português
Poesia/Meditação "Confissão!" 0 348 10/07/2017 - 20:41 Português
Poesia/Pensamentos "Dizem por aí!" 0 879 12/14/2016 - 23:29 Português
Poesia/Geral "Sórdida Solidão!" 0 594 12/14/2016 - 23:27 Português
Poesia/Meditação "Inocente!" 0 464 12/14/2016 - 23:23 Português
Poesia/Geral "COMUNICADO" 0 400 11/25/2016 - 15:07 Português