CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

"Confuso"

 Cada dia que se passa,torno-me tão um.

Sigo trilhas em meio de matas,e acordo em montanhas.

Fechos os olhos por minutos,sempre viajando num ser único.

Desejo felicidades,ganho amor.

Desejo tranqüilidade,vejo alguém.

Queria ser normal,assim como todos os loucos que antes de mim viveram.

E ter a grande gentileza de acordar e ver minha bela obra de arte.

Ser belo e inteligente,um humor errante comum.

Ser sempre sincero e verdadeiro,na lógica,ser o primeiro.

Ter santidade,sem ser santo.

Cantar,quando estiver sem voz.

Ser famoso,sem ter fama.

Gostaria de ter,coisas tão belas.

Ao mesmo tempo não ter.

Ser pó ao contrario de carne,e tão só quando alegre.

Queria eu,ter você a todo momento.

Um só desejo,com único sentimento.

Só não queria,você tão longe e ao mesmo tempo tão perto.

 

Autor:Verton Brandino da Silva(08/10/2010)

São Paulo

Submited by

sexta-feira, abril 15, 2011 - 15:29

Poesia :

No votes yet

Verton Brandino da Silva

imagem de Verton Brandino da Silva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 12 semanas 4 dias
Membro desde: 04/13/2011
Conteúdos:
Pontos: 660

Comentários

imagem de MarneDulinski

"Confuso"

Lindo poema, gostei!

MarneDulinski

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Verton Brandino da Silva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral "Peça!" 0 197 12/09/2018 - 03:27 Português
Poesia/Fantasia “Onde estão?” 0 207 12/03/2018 - 04:09 Português
Poesia/Gótico "Pesadelo comum!" 0 171 12/03/2018 - 02:04 Português
Poesia/Meditação "Sim!" 0 193 11/27/2018 - 21:49 Português
Poesia/Pensamentos "Verbo reeditado!" 0 260 11/25/2018 - 15:26 Português
Poesia/Pensamentos "Ilusões Particulares!" 0 196 11/25/2018 - 15:22 Português
Poesia/Pensamentos Está lá ! 0 405 08/24/2018 - 00:11 Português
Poesia/Tristeza "Para que ter pressa?" 0 402 05/08/2018 - 04:58 Português
Poesia/Dedicado "Eu vi!" 0 451 05/06/2018 - 13:00 Português
Poesia/Geral "De que serve?" 0 291 05/06/2018 - 12:57 Português
Poesia/Comédia "Apenas uma comedia!" 0 322 04/23/2018 - 01:01 Português
Poesia/Gótico "Não chorem!" 0 292 04/22/2018 - 18:43 Português
Poesia/Pensamentos "Sarjeta!" 0 483 04/19/2018 - 21:12 Português
Poesia/Meditação "Quando ele morrer!" 0 347 04/19/2018 - 21:10 Português
Poesia/Meditação Observando!" 0 337 04/19/2018 - 21:08 Português
Poesia/Geral "Versos inversos!" 0 444 10/13/2017 - 15:26 Português
Poesia/Meditação “Ficção x Realidade” 0 421 10/13/2017 - 14:57 Português
Poesia/Pensamentos "Suburbano de cor!" 0 564 10/13/2017 - 14:44 Português
Poesia/Geral "Não olhe" 0 414 10/07/2017 - 22:34 Português
Poesia/Pensamentos "Pura Infância" 0 429 10/07/2017 - 22:03 Português
Poesia/Meditação "Confissão!" 0 357 10/07/2017 - 20:41 Português
Poesia/Pensamentos "Dizem por aí!" 0 900 12/14/2016 - 23:29 Português
Poesia/Geral "Sórdida Solidão!" 0 618 12/14/2016 - 23:27 Português
Poesia/Meditação "Inocente!" 0 479 12/14/2016 - 23:23 Português
Poesia/Geral "COMUNICADO" 0 416 11/25/2016 - 15:07 Português