CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Deixando marcas no tempo

Estar aqui pode ser perigoso
Mas não poderia estar em outro lugar
Se existe uma lei
Regida pelo destino de nossas vidas
Que escolha teria eu
Diferente da jornada escolhida por mim
No alvorecer de minha jornada?

A vida é o encanto do amanhecer
A caminhada do dia
E o repouso noturno
Juntamente aos pensamentos da madrugada
E logo outro dia começará
Em seu eterno ciclo de mistérios.

O que sabemos sobre a vida e a morte?
Quem pode dizer abertamente
Que sabe alguma coisa mais do que eu e você?
Tudo se torna um mistério
Difícil de ser desvendado
Porque não enxergamos nada
Além do que nossos olhos conseguem ver
E existe muito mais coisas
Do que a nossa pequena mente conhece
E está preparada para saber.

O tempo nos ajuda a esquecer os dias ruins
E a memória seleciona os melhores momentos
Dos quais nos lembraremos com saudade.
Não há silêncio mais profundo
Do que quando a alma deseja voar
Os infinitos da eternidade
Na esperança de conhecer esses mistérios
Que só vislumbram os de espíritos superiores.

Aqui estou eu mais uma vez
Em minhas divagações matinais
Deixando marcas no tempo
Que podem despertar algumas mentes
Que sejam capazes de sonhar mais alto
E de buscar a paz interior de seus corações.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

terça-feira, março 19, 2024 - 11:35

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 12 horas 2 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 15287

Comentários

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação A trágica paixão de Sansão 6 125 04/18/2024 - 20:34 Português
Poesia/Desilusão A parte fraca do coração 6 146 04/17/2024 - 00:43 Português
Poesia/Desilusão O lamento do sofrer 6 135 04/16/2024 - 11:40 Português
Poesia/Meditação O fim do mundo bate à porta 6 154 04/15/2024 - 23:38 Português
Poesia/Meditação Eu posso dizer não! 6 150 04/15/2024 - 11:29 Português
Poesia/Meditação A angústia de Caim 7 258 04/15/2024 - 00:52 Português
Poesia/Amor Não era brincadeira 6 161 04/13/2024 - 14:09 Português
Poesia/Amor Fascinante 6 574 04/10/2024 - 20:11 Português
Poesia/Amor Em cada pétala de rosa 7 376 04/10/2024 - 02:31 Português
Poesia/Meditação A Mulher Samaritana 6 943 04/08/2024 - 23:06 Português
Poesia/Intervenção Contra o racismo 6 290 04/07/2024 - 14:06 Português
Poesia/Desilusão Do amor não correspondido 6 515 04/06/2024 - 14:18 Português
Poesia/Intervenção Contra o bullying 6 461 04/05/2024 - 22:58 Português
Poesia/Amor Impossível ignorar 6 559 04/05/2024 - 02:43 Português
Poesia/Desilusão Não posso te esquecer 6 825 04/04/2024 - 02:54 Português
Poesia/Desilusão Seu prisioneiro 6 427 04/02/2024 - 11:51 Português
Poesia/Amor Um poema sem palavras 6 497 04/01/2024 - 19:33 Português
Poesia/Desilusão Quando não se pode evitar 6 444 03/30/2024 - 13:27 Português
Poesia/Pensamentos Observação 6 975 03/27/2024 - 22:12 Português
Poesia/Desilusão Agora o coração reclama 6 416 03/26/2024 - 20:13 Português
Poesia/Intervenção A insensatez da guerra 6 448 03/25/2024 - 19:49 Português
Poesia/Intervenção Senso crítico nebuloso 6 504 03/24/2024 - 13:39 Português
Poesia/Desilusão Entre as sombras da noite 6 770 03/23/2024 - 14:32 Português
Poesia/Intervenção O espelho da realidade 6 473 03/22/2024 - 13:17 Português
Poesia/Dedicado À beleza do verso 6 1.045 03/21/2024 - 20:00 Português