CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Enquanto puder estar ao seu lado

Em teu olhar meigo e sereno
Vi a fagulha do amor
Como se houvesse uma janela
Que revelasse o seu coração
E, dentro dele, vislumbrei
O sentimento que tanto desejei.

Fiquei deveras atordoado
Com o fascínio encontrado
Que não pude mais me esconder
Em mim nasceu o desejo intenso
De estar com você a todo instante
E viver o que se tem para viver.

Enquanto sonhava com o seu olhar
Você sorriu para mim
E tudo em mim desmoronou
O sorriso mais encantador
Estava diante dos meus olhos
Mostrando-me a essência do paraíso.

Se existe algo tão sedutor
Não pode ser comparado ao seu sorriso
Porque nele vi a beleza do amor
A esperança que tanto almejava
Estava estampada na face a sorrir
Como se o mundo a pertencesse.

Permita-me continuar a sonhar
Dos seus olhos não quero esquecer
O seu sorriso tão singelo
É a razão primordial do meu viver
Enquanto puder estar ao seu lado
Quero todos os dias amanhecer.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

segunda-feira, março 20, 2023 - 12:20

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 10 horas 11 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 15276

Comentários

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão A parte fraca do coração 6 113 04/17/2024 - 00:43 Português
Poesia/Desilusão O lamento do sofrer 6 115 04/16/2024 - 11:40 Português
Poesia/Meditação O fim do mundo bate à porta 6 131 04/15/2024 - 23:38 Português
Poesia/Meditação Eu posso dizer não! 6 136 04/15/2024 - 11:29 Português
Poesia/Meditação A angústia de Caim 7 222 04/15/2024 - 00:52 Português
Poesia/Amor Não era brincadeira 6 144 04/13/2024 - 14:09 Português
Poesia/Amor Fascinante 6 501 04/10/2024 - 20:11 Português
Poesia/Amor Em cada pétala de rosa 7 358 04/10/2024 - 02:31 Português
Poesia/Meditação A Mulher Samaritana 6 817 04/08/2024 - 23:06 Português
Poesia/Intervenção Contra o racismo 6 270 04/07/2024 - 14:06 Português
Poesia/Desilusão Do amor não correspondido 6 513 04/06/2024 - 14:18 Português
Poesia/Intervenção Contra o bullying 6 455 04/05/2024 - 22:58 Português
Poesia/Amor Impossível ignorar 6 557 04/05/2024 - 02:43 Português
Poesia/Desilusão Não posso te esquecer 6 785 04/04/2024 - 02:54 Português
Poesia/Desilusão Seu prisioneiro 6 424 04/02/2024 - 11:51 Português
Poesia/Amor Um poema sem palavras 6 495 04/01/2024 - 19:33 Português
Poesia/Desilusão Quando não se pode evitar 6 441 03/30/2024 - 13:27 Português
Poesia/Pensamentos Observação 6 887 03/27/2024 - 22:12 Português
Poesia/Desilusão Agora o coração reclama 6 414 03/26/2024 - 20:13 Português
Poesia/Intervenção A insensatez da guerra 6 442 03/25/2024 - 19:49 Português
Poesia/Intervenção Senso crítico nebuloso 6 503 03/24/2024 - 13:39 Português
Poesia/Desilusão Entre as sombras da noite 6 753 03/23/2024 - 14:32 Português
Poesia/Intervenção O espelho da realidade 6 467 03/22/2024 - 13:17 Português
Poesia/Dedicado À beleza do verso 6 1.043 03/21/2024 - 20:00 Português
Poesia/Amor Permita-me 6 161 03/21/2024 - 11:51 Português