CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Fúnebre

Nem só de preto se faz o luto
Nem só de lágrimas fala a tristeza
Nem só de dor se leva a morte

Vives vis palavras de cólera
Morres rés do poço que te condena

Não só com músculos torna-se bruto
Não só com dejetos forma-se a cloaca
Não só com pontos fecha-se um corte

Vermelho velho pano que abafa
Traz atrás pecados de uma centena

Tampouco se cala com gritos de um culto
Tampouco vela-se o morto com leveza
Tampouco se enterra no sul mortal do norte

Comes nomes que apodrecem no inverno
Outono átono tonifica e ordena

Talvez luz sem amor como intuito
Talvez seda num solo de aspereza
Talvez dois quando um não é forte

Se existe um sinal,afasta o susto
Se persiste o pulsar,viver é nobreza
Se insiste o que não há,repete-se a morte

Submited by

quarta-feira, maio 13, 2009 - 19:04

Poesia :

No votes yet

LUNARDO29

imagem de LUNARDO29
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 9 anos 10 semanas
Membro desde: 05/11/2009
Conteúdos:
Pontos: 106

Comentários

imagem de Conchinha

Re: Fúnebre

Muito interessante.
"Talvez luz sem amor como intuito
Talvez seda num solo de aspereza
Talvez dois quando um não é forte"
Abraço

imagem de angelofdeath

Re: Fúnebre

É preciso ter força para nos erguermos das ruínas da vida.
Belo texto!

imagem de Henrique

Re: Fúnebre

O seu poema também não é só de letras,
há muito sentimento!!!

:-)

imagem de Patty

Re: Fúnebre

"Nem só de preto se faz o luto
Nem só de lágrimas fala a tristeza
Nem só de dor se leva a morte"
Bonito, mas triste.
bj

imagem de jopeman

Re: Fúnebre

Gostei bastante
Um poema belo e inteligente
Abraço

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of LUNARDO29

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Fotos/ - 2153 0 520 11/23/2010 - 23:38 Português
Fotos/ - 1218 0 547 11/23/2010 - 23:38 Português
Fotos/ - 2154 0 513 11/23/2010 - 23:38 Português
Fotos/ - 1220 0 555 11/23/2010 - 23:38 Português
Prosas/Contos O Preconceito e a Hipocrisia 0 335 11/18/2010 - 22:47 Português
Poesia/Aforismo Palavras Digeridas 1 278 03/07/2010 - 02:56 Português
Poesia/Geral Encolerizada Natureza 2 359 03/05/2010 - 22:21 Português
Poesia/Erótico ELETRICIDADE 3 351 03/05/2010 - 13:14 Português
Poesia/Geral O Ir 2 353 01/27/2010 - 03:00 Português
Poesia/Tristeza Muito Demais 2 263 09/11/2009 - 15:15 Português
Poesia/Tristeza Chuva de Solidão 3 421 07/19/2009 - 22:27 Português
Poesia/Amizade Brasil com Portugal 2 309 06/21/2009 - 10:39 Português
Poesia/Erótico Fêmeas da minha febre 1 287 05/24/2009 - 00:06 Português
Poesia/Intervenção Asas Maiores 3 423 05/23/2009 - 23:42 Português
Poesia/Aforismo Fúnebre 5 312 05/17/2009 - 22:18 Português
Poesia/Geral INFAMES ROEDORES 2 398 05/15/2009 - 18:26 Português
Poesia/Paixão FOGUEIRAS 3 391 05/13/2009 - 22:04 Português
Poesia/Paixão ATO PASSIONAL 2 430 05/13/2009 - 14:13 Português