CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Gravame

"(...) peu importe comment le monde pousse contre moi, en moi, il y a quelque chose plus fort, quelque chose de mieux poussant de retour."
Albert Camus

Onusta ao acme (1), a celagem prema infame,
Cooptada à obliquidade (2), ária leteia,
Belveder impressível que afeleia
Em nocente congérie (3). Dum forame

Entenebra-se um quartzo (4) sem que clame,
Que alteie. O debacle lura na etopeia.
A ontologia ao amarume anui e margeia,
Ou é prona ao paradoxo (qual ditame)

De Epicuro. Não obstante, eis que arciforme,
Sidera um panglossiano ancião (5) que acara,
A jusante de Euténia, o que o retorne

Inelutavelmente em fleugma rara.
Entreabrem-se neoménias, loas, conforme
Alhures, teodiceico, o acorde exara...

(1) BARRET-BROWNING, Elizabeth -  Grief. In "Poems", 1844

(2) DICKINSON, Emily  - There's a certain Slant of light. In "Poems by Emily Dickinson: Series 1", 1890

(3) PESSOA, Fernando - Não, não é cansaço... In "Poesias de Álvaro de Campos", 1944

(4) DICKINSON, Emily "After great pain, a formal feeling comes", 1862

(5) WORDSWORTH, William - Resolution and Independence. In "Poems in Two Volumes", 1807

Submited by

sexta-feira, janeiro 14, 2022 - 22:08

Poesia :

No votes yet

Rute Iria

imagem de Rute Iria
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 4 dias 20 horas
Membro desde: 10/24/2020
Conteúdos:
Pontos: 137

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Rute Iria

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Soneto Gravame 0 51 01/14/2022 - 22:08 Português
Poesia/Soneto Silêncio 0 275 12/03/2021 - 01:18 Português
Poesia/Soneto A Mesma 2 199 11/13/2021 - 14:49 Português
Poesia/Soneto Forasteira 0 243 09/24/2021 - 01:08 Português
Poesia/Soneto Morte em Vida 0 384 08/03/2021 - 12:49 Português
Poesia/Soneto Renascer 0 375 06/05/2021 - 17:14 Português
Poesia/Soneto Epifania 0 345 04/27/2021 - 23:06 Português
Poesia/Soneto Ínvia 0 299 04/08/2021 - 13:46 Português
Poesia/Soneto Desancorada 0 330 03/19/2021 - 18:25 Português
Poesia/Soneto Ave Nocturna 0 369 02/11/2021 - 00:14 Português
Poesia/Soneto Da Fisicalidade 0 364 12/25/2020 - 00:31 Português
Poesia/Soneto Dançares-me dentro 3 399 12/18/2020 - 03:22 Português
Poesia/Soneto Em Chamas 0 350 11/16/2020 - 12:33 Português
Poesia/Soneto Shariar 0 363 10/29/2020 - 12:12 Português
Poesia/Soneto Lâminas por Pétalas 0 344 10/29/2020 - 12:11 Português
Poesia/Soneto Malkuth 0 340 10/28/2020 - 11:58 Português
Poesia/Soneto Mnemónica de Abraão 0 329 10/28/2020 - 11:57 Português
Poesia/Soneto Mil Vidas Numa Só 0 306 10/28/2020 - 11:57 Português
Poesia/Soneto Dentro 0 356 10/27/2020 - 00:13 Português
Poesia/Soneto À Bolina 0 342 10/27/2020 - 00:12 Português
Poesia/Soneto Sem Norte 0 321 10/27/2020 - 00:12 Português
Poesia/Soneto Infrene 0 321 10/26/2020 - 00:09 Português
Poesia/Soneto Inconsertável 0 303 10/26/2020 - 00:08 Português
Poesia/Soneto Ancoragem 0 323 10/26/2020 - 00:07 Português
Poesia/Soneto Quando Deus e o Diabo Dançam 0 331 10/24/2020 - 23:14 Português