CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A impossibilidade física da morte na mente de alguém que está vivo

Pode alguém que está vivo estar morto?
Pode ser que seus olhos estejam abertos
Sua mente fechada
Onde tudo é ofuscado pela visão
Ou falta dela
Que quando você pensa que sabe alguma coisa
Isso não faz sentido algum
Para alguém...

Qual é a possibilidade de um morto estar vivo?
Por causa disso há muitos doentes
Mortos perambulando entre nós
Múmias nem tão assustadoras
Porque rimos das próprias desgraças
E não encontramos às balas perdidas
Nos cérebros abertos
E dentro deles não há nada mais
Do que uma massa cinzenta cheia de gosmas
E o defunto vivo pensa que é um gênio...

Quem poderá morrer
Antes de escrever a sua própria história
E desejar que ela seja contada exatamente como foi?
Apenas permita-se desfrutar essa incógnita
Que agora perturba a sua mente
Com indagações que não tem respostas.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

quinta-feira, maio 5, 2022 - 19:09

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 dias 1 hora
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 7727

Comentários

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Intervenção Sustentabilidade 3 26 05/20/2022 - 22:22 Português
Poesia/Amor Se te amo tanto assim 3 53 05/20/2022 - 18:32 Português
Poesia/Desilusão A maior de todas as mentiras 3 45 05/19/2022 - 18:55 Português
Poesia/Pensamentos De mãos dadas com a Morte 3 110 05/18/2022 - 18:53 Português
Poesia/Pensamentos Do pensamento 3 86 05/17/2022 - 18:36 Português
Poesia/Desilusão O teu olhar 3 52 05/16/2022 - 23:29 Português
Poesia/Intervenção Destruam essa arte 3 50 05/16/2022 - 18:38 Português
Poesia/Desilusão Silenciosa sombra de solidão 3 51 05/16/2022 - 12:38 Português
Poesia/Amor Saber entender, crescer e viver 3 81 05/13/2022 - 19:25 Português
Poesia/Meditação Cantem as canções que não escrevi 3 62 05/12/2022 - 22:56 Português
Poesia/Tristeza Alma em suplício 3 52 05/11/2022 - 23:12 Português
Poesia/Meditação Feliz com sua presença 3 79 05/11/2022 - 18:42 Português
Poesia/Desilusão Insensatez 3 69 05/10/2022 - 18:37 Português
Poesia/Pensamentos Eu navegarei 3 62 05/09/2022 - 23:13 Português
Poesia/Pensamentos Fantasmas de um tempo passado 3 124 05/09/2022 - 13:28 Português
Poesia/Dedicado Mãe, o maior amor que pode existir 3 79 05/08/2022 - 20:33 Português
Poesia/Dedicado Mãe - Eu canto a ti o amor! 3 72 05/06/2022 - 23:57 Português
Poesia/Meditação Dias melhores virão 3 129 05/06/2022 - 19:01 Português
Poesia/Meditação A impossibilidade física da morte na mente de alguém que está vivo 3 77 05/05/2022 - 19:11 Português
Poesia/Meditação O peso do mundo 3 66 05/04/2022 - 23:02 Português
Poesia/Meditação E se não estiver tudo bem? 3 80 05/04/2022 - 18:45 Português
Poesia/Amor Inimaginável 3 83 05/03/2022 - 18:34 Português
Poesia/Tristeza Querida solidão 3 85 05/02/2022 - 18:29 Português
Poesia/Intervenção Não lastimo o próximo perigo 3 127 05/02/2022 - 12:41 Português
Poesia/Pensamentos Palavras apenas não servem 3 72 04/30/2022 - 21:59 Português