CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Inventamos as flores

Inventamos flores
porque não conseguimos verter lágrimas
e esquecemos as almas na margem
empoeirada dos livros e depois seguimos
os dias atribulados dos mortos que se levantam
e dos vivos que morrem porque não acreditam.

Inventamos flores
porque não conseguimos verter lágrimas
e com o fogo ateamos os gritos
depois apagamos as palavras venenosas dos senhores
que abandonam os pobres, os aflitos.

Inventamos flores
porque não conseguimos verter lágrimas
depois olhamos dentro dos cantores
que cantam infelizes os horrores
de quem esquece a noite para se entregar.

Inventamos flores
porque não conseguimos verter lágrimas
e esquecemos as almas na margem
empoeirada dos livros e depois seguimos os
dias atribulados dos mortos que se levantam
porque aos vivos as flores não encantam

lobo

Submited by

terça-feira, agosto 5, 2014 - 01:59

Poesia :

No votes yet

lobo

imagem de lobo
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 anos 12 semanas
Membro desde: 04/26/2009
Conteúdos:
Pontos: 2592

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of lobo

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Intervenção Fico dentro dos livros 3 2.494 03/22/2018 - 18:42 Português
Poesia/Geral Os velhos na casa da indiferença 3 1.140 03/13/2018 - 19:41 Português
Poesia/Dedicado Nunca te disse 0 1.519 12/04/2016 - 19:32 Português
Poesia/Geral Está na rua a vender peixe 0 1.563 12/04/2016 - 19:28 Português
Poesia/Intervenção criação 0 1.297 06/28/2015 - 16:08 Português
Poesia/Intervenção preciso de um novo caminho 0 2.395 11/18/2014 - 12:57 Português
Poesia/Erótico A luz na água 0 1.845 09/30/2014 - 10:00 Português
Poesia/Canção Quem roubou o beijo forte 0 1.872 09/24/2014 - 09:53 Português
Poesia/Canção Laço no cabelo 0 2.012 09/24/2014 - 09:51 Português
Poesia/Amor No meu bairro 0 1.729 09/18/2014 - 17:24 Português
Poesia/Canção compromissos 0 2.003 09/16/2014 - 13:23 Português
Poesia/Desilusão Inventamos as flores 0 1.595 08/05/2014 - 01:59 Português
Poesia/Amor Jogo fataaal 0 2.311 09/11/2013 - 12:04 Português
Poesia/Geral Dorme o verbo 6 3.598 09/05/2013 - 16:03 Português
Poesia/Intervenção Maria 0 2.502 09/03/2013 - 19:32 Português
Poesia/Arquivo de textos Imagino o gato 0 1.737 08/27/2013 - 17:01 Português
Poesia/Fantasia Levas o vento para o quarto 0 5.629 08/06/2013 - 17:11 inglês
Poesia/Intervenção Está escuro no teatro 0 2.962 07/19/2013 - 17:50 Português
Pintura/Figurativo Alce 0 4.567 07/10/2013 - 12:37 Português
Pintura/Figurativo pessoas 0 3.035 07/10/2013 - 12:34 Português
Pintura/Figurativo neptuno 0 3.582 07/10/2013 - 12:32 Português
Pintura/Figurativo Anjos 0 3.321 07/10/2013 - 12:31 Português
Poesia/Intervenção A mediocridade tambem pode hipnotizar 0 1.348 07/10/2013 - 12:28 Português
Poesia/Amor Não te quero perder 0 1.799 07/08/2013 - 17:33 Português
Poesia/Amizade Vém aqui 1 1.750 06/17/2013 - 22:01 Português