CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Caricias na Madrugada.

Carícias na madrugada!
Na madrugada, eram duas mãos ávidas que meu corpo quente percorriam.
Hora deslizavam suavemente, hora pegavam, apertavam, cravavam as unhas.
Aliviavam, deslizavam lenta e suavemente, pareciam à procura de pontos de delírio.
Pontos que causassem arrepios, choques repentinos que me aqueciam e queimavam.

Já perdia a consciência, o controle da situação, que já nem mais me reconhecia.
Meu corpo, já sem meu domínio, aquelas mãos me endoideciam.
O desejo já dominava meu corpo, eu me entregava.
Entregava-me aos delírios, para as mãos endoidecidas.

Aquelas mãos que me arrebatavam.
Mãos me venciam, unhas que me arranhavam num bizarro desejo.
Eu, já inconsciente, como se não bastasse.
Já na minha intimidade freneticamente agitava.
Meu corpo, que já queimava em brasa.
Aquela boca faminta, que parecia querer me devorar.
A boca que me mordia, sugava, me lambia... aaah boca perversa.
Quando já sem nem mais um controle, num ataque de fúria.

Eu tinha, eu precisava, eu implorava àquela mulher. Eu tinha que amar.
Aquela mulher que sem nenhum pudor me atacava.
Sem me importar se era certo ou errado, eu precisava.
Já endoidecido, não me dominava mais.

Naquela fúria animal de desejos e excitação.
Amei como fera no cio devorei aquele corpo gostoso,
Pele macia, eram dois animais que se amavam.
Amavam desesperadamente, loucura alucinante, explosão tremenda de desejos!
Alberto Mendes Pimentel
03/05/2010

Submited by

domingo, maio 15, 2011 - 05:58

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Alberto Mendes Pimentel

imagem de Alberto Mendes Pimentel
Online
Título: Membro
Última vez online: há 59 minutos 58 segundos
Membro desde: 05/12/2011
Conteúdos:
Pontos: 335

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Alberto Mendes Pimentel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral ISOLAMENTO SOCIAL!!! 0 11 04/06/2020 - 23:39 Português
Poesia/Amizade Lembranças... Saudades...!!! 0 31 03/29/2020 - 07:43 Português
Poesia/Geral ORAÇÃO. (PANDEMIA) 0 44 03/22/2020 - 16:38 Português
Poesia/Geral Na minha simplicidade!!! 2 66 03/22/2020 - 16:22 Português
Poesia/Meditação REFLEXÃO FÉ!!! 0 52 03/14/2020 - 07:42 Português
Poesia/Dedicado VOCÊ MULHER!!! 0 61 03/08/2020 - 07:23 Português
Poesia/Geral Mudanças são necessárias, mas... 0 98 03/03/2020 - 08:21 Português
Poesia/Geral Como grão de areia. 0 56 02/08/2020 - 23:57 Português
Poesia/Geral ORAÇÃO. 0 157 02/03/2020 - 07:53 Português
Poesia/Dedicado Bom dia meu filho Gilberto! 0 97 01/30/2020 - 06:16 Português
Poesia/Pensamentos Sei que o tempo vai passar. 0 118 01/30/2020 - 06:07 Português
Poesia/Meditação DOR!!! 0 102 01/25/2020 - 17:19 Português
Poesia/Aniversários SINGELA HOMENAGEM DE ANIVERSÁRIO. 0 79 01/17/2020 - 07:26 Português
Poesia/Geral Essência e aparência. 0 115 01/15/2020 - 23:56 Português
Prosas/Outros ANJO! 0 116 01/13/2020 - 00:44 Português
Poesia/Meditação GRATIDÃO. 0 210 01/01/2020 - 07:59 Português
Poesia/Desilusão Grito CALADO. 0 101 01/01/2020 - 07:29 Português
Poesia/Aforismo Coisas de poetas. 0 88 01/01/2020 - 07:25 Português
Poesia/Geral ANO NOVO! (quero) 0 101 12/30/2019 - 08:13 Português
Prosas/Pensamentos “ É NATAL” 0 112 12/26/2019 - 06:13 Português
Poesia/Aniversários Papai “Antenor Pimentel” 0 100 12/16/2019 - 06:45 Português
Poesia/Geral Meus “APETRECHOS”. 0 84 12/16/2019 - 06:35 Português
Poesia/Geral O TEMPO. 0 131 12/04/2019 - 06:09 Português
Poesia/Geral Letras no Papel. 0 140 12/04/2019 - 05:12 Português
Poesia/Amizade "A AMIZADE" 2 639 04/08/2016 - 07:01 Português