CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Medo primitivo

O que é a guerra?
E por que os homens vivem se digladiando
E destruindo-se uns aos outros?
Não deveria ser assim,
Mas enquanto a humanidade existir
Dominada pelo pecado
Os homens continuarão guerreando.
Continuarão se digladiando por puro medo.
Há um medo primitivo
Desde as escuras cavernas
Que é impossível ser eliminado
Do coração humano.
O homem não reconhece o Criador
E teme as outras criaturas.
E matam.
E derramam sangue
E contamina a Terra
E a Terra clama e agonia-se.
O que vemos?
A guerra não é mais uma disputa entre homens
É um massacre entre dominadores e dominados.
É chacina nas favelas
E extermínio nos campos de refugiados.
É perseguição religiosa
E genocídio por extremistas.
Bombas, tanques e canhões.
É uma batalha contra as mulheres
Contra crianças indefesas
Contra os idosos e deficientes.
Não há um senso de equilíbrio.
Os inválidos que não podem lutar
Sucumbem diariamente
Diante da violência
Causada pelo medo primitivo do homem
Que se afastou de seu Criador.
Toda natureza geme
E seus gemidos estão chegando diante de Deus.
Só há uma saída para esse caos,
Um retorno aos princípios bíblicos.
Mas, parece que essa não é a escolha
Do mundo atual.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

sexta-feira, agosto 2, 2019 - 18:59

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 4 horas 46 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 4672

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Fantasia Não te conheço e te procuro 0 4 10/31/2020 - 20:10 Português
Poesia/Pensamentos Esta é a história de um homem marcado por uma imagem da infância 0 21 10/30/2020 - 13:37 Português
Poesia/Meditação O medo devora a alma 0 12 10/29/2020 - 18:22 Português
Poesia/Pensamentos O começo do fim 0 65 10/28/2020 - 22:35 Português
Poesia/Tristeza Castigo ou maldade? 0 17 10/27/2020 - 18:21 Português
Poesia/Amor Quero caminhar até o fim 0 15 10/26/2020 - 18:07 Português
Poesia/Tristeza Uma lágrima 0 31 10/22/2020 - 20:41 Português
Poesia/Pensamentos Terra dos pássaros 0 23 10/21/2020 - 18:26 Português
Poesia/Intervenção Por um punhado de dinheiro 0 27 10/20/2020 - 22:28 Português
Poesia/Meditação Condenado 0 16 10/20/2020 - 18:33 Português
Poesia/Amor Ela apenas sorriu 0 33 10/15/2020 - 21:36 Português
Poesia/Paixão Sentimento de paixão! 0 57 10/15/2020 - 21:33 Português
Poesia/Amor Só os seus olhos podem salvar-me 0 37 10/15/2020 - 21:15 Português
Poesia/Paixão Um peregrino (mal)dito 0 32 10/14/2020 - 20:19 Português
Poesia/Desilusão Os olhos da esperança se foram 0 62 10/13/2020 - 13:33 Português
Poesia/Amor Em seus olhos vi florescer 0 49 10/09/2020 - 23:49 Português
Poesia/Geral Livro à venda! 0 55 10/08/2020 - 19:07 Português
Poesia/Pensamentos Braços da eternidade 0 40 10/08/2020 - 18:56 Português
Poesia/Tristeza Batidas do coração 0 58 10/05/2020 - 21:03 Português
Poesia/Desilusão Meu coração diz o contrário 0 35 10/01/2020 - 21:10 Português
Poesia/Desilusão Quem sabe? 0 48 09/30/2020 - 18:27 Português
Poesia/Desilusão A face do mal 0 44 09/28/2020 - 20:44 Português
Poesia/Meditação Nas garras da ambição 0 58 09/25/2020 - 18:16 Português
Poesia/Meditação Viver 0 42 09/24/2020 - 18:50 Português
Poesia/Desilusão De mim só terá a saudade 0 38 09/23/2020 - 17:57 Português